Netuno

Netuno, o azulado gigante gelado, é o oitavo e último planeta do Sistema Solar. E não é apenas sua característica e vibrante coloração que impressiona. Também é o quarto maior planeta, o terceiro mais massivo, e o mais denso de todos. Chega a ser maior até mesmo do que seu planeta vizinho e quase irmão (em virtude de suas muitas similaridades), Urano, com quem compartilha o status de planeta gelado, por serem compostos principalmente de gelo de diferentes substâncias, em contraste com os planetas gasosos Júpiter e Saturno, cuja composição tem maioria de hidrogênio e hélio.

É também ao seu irmão Urano, aliás, que Netuno deve a sua descoberta. Ambos os planetas não são visíveis a olho nu, mas podem ser observados por meio de telescópios, tendo sido Urano descoberto dessa maneira por William Herschel, no século XVIII. Netuno, por sua vez, tem uma história intrigante: é o único planeta do Sistema Solar a ser primariamente descoberto por previsões matemáticas. Percebeu-se, observando Urano, que existiam perturbações em sua órbita que eram compatíveis com a influência de um corpo massivo nas suas vizinhanças.

Os astrônomos Adams e Le Verrier calcularam, independentemente, a posição do novo planeta, já no século XIX. Pouco tempo depois, Netuno foi observado extremamente próximo à previsão de Le Verrier. Seguindo a tradição de nomear planetas pela mitologia grega, Netuno (Poseidon, na Grécia), o senhor dos mares, foi o nome escolhido para o oitavo planeta do Sistema Solar.

Características de Netuno

tempestades em netuno
Imagem: NASA/Voyager 2

A massa de Netuno é de aproximadamente 10^26 kg, estando entre a massa da Terra e de Júpiter e Saturno, enquanto seu raio médio é de 24622 km. Sua estrutura interna, por sua vez, é semelhante à de Urano. A atmosfera, composta de hidrogênio e hélio, corresponde a menos de 10% da massa total, e circunda um manto gelado que tem de 10 a 15 massas terrestres. Já o núcleo é provavelmente composto de silicatos, ferro e níquel, tendo cerca de 1.2 massas terrestres. Apesar de dizermos que o manto é gelado, terminologia comum na ciência planetária, ele é, na verdade, um fluido de alta densidade, como um oceano de água e amônia.

Uma diferença fundamental entre Urano e Netuno está nas características de suas atmosferas. Enquanto Urano apresenta aspecto pálido e sereno para seus observadores, a atmosfera netuniana mostra atividade, sendo o clima do planeta caracterizado por intensas tempestades e ventos de altíssima velocidade. A atmosfera também apresenta bandas de metano que absorvem na região da luz vermelha e infravermelha. É essa absorção que explica em parte a cor azul de Netuno. Contudo, o mesmo fenômeno ocorre em Urano, com resultados significativamente diferentes. A motivação das intensas cores de Netuno tem sido objeto de estudo há um bom tempo.

Ademais, também como Urano, a magnetosfera de Netuno é inclinada em relação ao eixo de rotação, em 47º. Nos dois planetas, isso pode ser devido a movimentos específicos de condução no gelo que forma seus interiores.

Órbita e luas

tritão
Imagem: NASA / Jet Propulsion Lab / U.S. Geological Survey 

A distância média entre Netuno e o Sol é de 4.5 bilhões de km, 30 vezes a distância da Terra à estrela, sendo o seu período de translação de quase 165 anos. Netuno também tem um eixo de rotação inclinado, mas não de forma drástica como seu vizinho, Urano. A inclinação de seu eixo (28º), na verdade, é mais próxima do que vemos na Terra (23º) ou Marte (25º). Assim, como aqui, Netuno apresenta estações do ano. Mas claro, muito mais longas do que as da Terra, em função de seu período muito maior.

Sabe-se também que a órbita de Netuno impacta profundamente a região além de si no Sistema Solar, o Cinturão de Kuiper, um extenso disco que circunda o Sol e contém milhares de objetos menores, incluindo planetas anões como Plutão. A relação é parecida com a que observamos entre Júpiter e o cinturão de asteroides próximo a si.


Ademais, Netuno conta com 14 luas conhecidas, sendo Tritão a maior e responsável por 99.5% da massa em torno do planeta. O satélite natural é um dos objetos mais frios do Sistema Solar, com temperaturas estimadas de -235 ºC. Assim como Urano, o planeta também tem um sistema de anéis, compostos de partículas de gelo revestidas por silicatos ou carbono.

RELACIONADO

Discussion about this glossary

PROPAGANDA

destaques da semana