Connect with us

Hi, what are you looking for?

Plantas & Animais

Enguias foram flagradas vivendo dentro de tubarões

Enguias foram flagradas vivendo dentro de tubarões
SHUTTERSTOCK.COM

Um estudo publicado em 1997 na Environmental Biology of Fishes relata enguias flagradas vivendo dentro de um tubarão-mako. Ao abrirem o tubarão, os pesquisadores ficaram surpresos ao encontrar nada mais nada menos que as carcaças de duas enguias, mortas, mas saudáveis.

Uma dissecação e análises mais detalhadas mostraram como os dois animais sobreviveram dentro do tubarão: Bebendo seu sangue. O estudo descreve que, apesar de ser impossível medir quanto tempo as enguias passaram dentro dos tubarões, (mais especificamente, dentro de seus corações) a quantidade de sangue encontrada em seus estômagos sugere que estiveram lá por tempo suficiente para se alimentar.

Estas não foram as únicas enguias flagradas vivendo dentro de tubarões

Em 2008 um estudo publicado no Environmental Biology of Fishes também detalhou uma enguia encontrada vivendo dentro do coração de um tubarão-tigre. Um novo amor talvez te cause borboletas no estômago, mas o que pode significar uma enguia bebendo sangue direto de seu coração?

Continua depois da publicidade

Não se sabe como exatamente as enguias foram parar dentro dos tubarões, entretanto é possível supor. Enguias engolidas vivas já foram vistas “escavando” e fugindo do estômago de seus predadores. Como é o caso de uma enguia que foi avistada pendurada na barriga de uma garça em pleno voo há dois meses atrás.

garça
Provavelmente, a garça se arrependeu de devorar a enguia cobra. (Sam Davis)
enguia saindo da garça
Sam Davis
garça
Sam Davis

Muitas enguias já foram encontradas cavando o corpo de seu atacante para tentar escapar após entrar no estômago ainda vivas. Isso é visto entre as enguias-cobra, também conhecidas como enguias-tocha, cujos restos mumificados foram encontrados dentro das cavidades corporais de 11 espécies diferentes de peixes. 

Esses animais são caracterizados por uma ponta dura na cauda que permite que eles saiam do estômago dos peixes que os comem, apenas para ficarem presos em outra parte da cavidade corporal. Isso pode ter sido o que aconteceu com as enguias encontradas em 1997 e posteriormente em 2008.

Com informações de LiveScience e IFLScience.

Continua depois da publicidade
Damares Alves
Publicado por

Apaixonada pela natureza, me tornei redatora e hoje escrevo exclusivamente sobre ciência. Meu objetivo é que todos possam ter acesso a pesquisas importantes e descobertas incríveis que são realizadas todos os dias.


Populares hoje

Ciência

Na Paleontologia, encontrar novas peças que pertenceram a milhões de anos atrás é um dos principais objetos de estudo. No entanto, durante uma expedição...

Notícia

Os hominídeos Homo antecessor são parentes bem antigos dos Homo sapiens. Esses humanos ancestrais habitavam vastas regiões da Europa entre 1,2 milhões e 800...

Notícia

No dia 18 de fevereiro de 2021, a sonda Perseverance da NASA pousou na cratera de Jezero, na superfície de Marte. No entanto, o...