Connect with us

Hi, what are you looking for?

História & Humanidade

Pintura rupestre mais antiga do mundo descoberta na Indonésia

Maxime Aubert

Destruindo a concepção de que a Europa era o berço da pintura rupestre mais antiga do mundo, pesquisadores descobriram o desenho de um porco selvagem que data de mais de 45.500 anos de idade.

A obra de arte retrata um porco (Sus celebensis), também chamado de porco de Sulawesi — ilha onde fica a caverna –, uma espécie nativa da Indonésia. Ela foi descoberta em 2017 na caverna Leang Tedongnge, situada área de difícil acesso, cercado por penhascos e acessível apenas durante a estação de seca a pé.

A caverna já era conhecida pelos fazendeiros nativos, mas a presença da pintura passou despercebida até então. A descoberta foi descrita no periódico Science Advances.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

A pintura possui 136 por 54 centímetros e foi feita com um pigmento ocre vermelho escuro. Características no desenho indicam que o animal retratado é um macho — uma faixa escura que se estende da crista à cauda e duas “verrugas” faciais.

Junto à pintura, também há a “assinatura” do artista — duas impressões de mãos localizadas acima do traseiro do porco. Os pesquisadores também indicaram a existência de outros dois porcos que estão parcialmente preservados. Os arqueólogos invocaram uma narrativa para a pintura. Segundo eles, o porco parece observar uma luta ou uma interação social entre os outros dois outros porcos parcialmente visíveis.

Adhi Agus Oktaviana

A pintura rupestre de animal mais antiga do mundo

Com a datação por urânio, os pesquisadores conseguiram descobrir a idade. 45.500 anos, de um depósito de calcita formado logo acima da pintura. A pintura, contudo, pode ser ainda mais antiga. Além disso, eles sugerem que este trabalho é tão antigo quanto, se não provavelmente um pouco mais velho.

A capacidade de criar tais obras atesta uma capacidade de pensamento complexo e abstrato. Até agora, a pesquisa sobre como esses traços comportamentais e cognitivos surgiram tendia a se concentrar no continente europeu, onde os registros mostram uma explosão na arte rupestre de cerca de 40.000 anos atrás. No entanto, essa nova descoberta desafia essa ideia, sugerindo que tradições artísticas igualmente notáveis ​​provavelmente se desenvolveram alguns milhares de anos antes na Ásia, ou mais provavelmente na África.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

“Nossa descoberta destaca a importância global de Sulawesi, e de toda a região da Indonésia, para nossa compreensão de onde e quando surgiram as primeiras tradições de arte nas cavernas desenvolvidas por nossa espécie. A grande antiguidade desta obra de arte também oferece dicas sobre o potencial para outras descobertas significativas nesta parte do mundo”, disseram os pesquisadores em um artigo de divulgação científica no The Conversation.

Elisson Amboni
Publicado por

Fundador dos sites SoCientífica e Revista Quarka. Fotógrafo da Natureza, redator e tradutor. Inclinado à História (Natural e Humana) e Filosofia.

Mente & Cérebro

Os corvos são considerados modelos de cognição em psicologia animal, e são uma das mais fortes evidências de que a consciência é um fenômeno...

Plantas & Animais

No oceano, no meio dos corais, você pode encontrar esse estranho organismo. Embora muitas vezes se pareça com uma pedra circular esverdeada e brilhante,...

Plantas & Animais

Cientistas descreveram, em um estudo publicado no Journal of Mammalian Evolution, uma nova espécie gigante de um dente-de-sabre, Machairodus lahayishupup, que teria vivido na América do...

Plantas & Animais

Um novo estudo mostrou que os tubarões, assim com as aves, se orientam pelo campo magnético da Terra para realizar migrações de longa distância.