Connect with us

Hi, what are you looking for?

Física & Química

Manto da Terra pode ter expandido muito há 3 bilhões de anos

Cristais de zircônio indicam uma expansão gigante do manto da Terra há 3 bilhões de anos. (Free-Photos/Pixabay )

O zircônio é um metal presente no mundo todo. Geralmente é possível encontrá-lo na natureza em forma de cristais, como o silicato de zircônio. Esses cristais podem ser datados, o que fornece uma estimativa de quando o material se formou. Desse modo, pesquisadores puderam identificar uma grande quantidade de silicato de zircônio que se formou há 3 bilhões de anos. Essa data, por conseguinte, coincide com um dos maiores picos térmicos do manto da Terra. Ou seja, nesse período o manto estava ficando mais quente e, por consequência, o magma dessa região estava se expandindo e derramando sobre a crosta.

WikiImages/Pixabay

A expansão do manto ajudou a criar a crosta moderna

Há 3 bilhões de anos, a própria terra só tinha 1,5 bilhão de anos de existência. Dessa forma, a composição geológica do planeta era bem diferente. A atividade vulcânica era muito mais intensa e a atmosfera ainda era muito primitiva. É provável que mesmo a vida, ademais, só tivesse surgido há alguns milhões de anos até então. Nessa época, a crosta da Terra era muito mais fina e, semelhante a hoje, estava à deriva sobre todo o conteúdo do manto. Ou seja, as placas continentais que conhecemos hoje mal haviam se formado. Portanto, a abertura de brechas e mesmo quebra das placas continentais era muito mais fácil.

Hebi B./Pixabay

Assim, com a expansão do magma no interior do manto, a rocha derretida veio à tona e adicionou muito mais material geológico à crosta. Ao longo de algumas centenas de milhões de anos, o magma que escapou do manto deu origem a placas continentais mais robustas.

Após mais alguns bilhões de anos e muitos outros derramamentos de magma, houve a formação das placas tectônicas até que, por fim, a superfície terrestre atingiu a configuração que tem hoje. Tudo isso concluído a partir de alguns cristais de zircônio.

O artigo está disponível no periódico Nature Communications.

Publicidade. A leitura continua abaixo.
Mateus Marchetto
Publicado por

Aluno de Ciências Biológicas da Universidade Federal do Paraná, professor de inglês, apaixonado por ciência e divulgação científica. Me interesso principalmente pelas áreas de microbiologia, bioquímica e bioinformática.

Faça um comentário

Mente & Cérebro

Os corvos são considerados modelos de cognição em psicologia animal, e são uma das mais fortes evidências de que a consciência é um fenômeno...

Plantas & Animais

No oceano, no meio dos corais, você pode encontrar esse estranho organismo. Embora muitas vezes se pareça com uma pedra circular esverdeada e brilhante,...

Plantas & Animais

Cientistas descreveram, em um estudo publicado no Journal of Mammalian Evolution, uma nova espécie gigante de um dente-de-sabre, Machairodus lahayishupup, que teria vivido na América do...

Plantas & Animais

Um novo estudo mostrou que os tubarões, assim com as aves, se orientam pelo campo magnético da Terra para realizar migrações de longa distância.