Connect with us

Hi, what are you looking for?

Plantas & Animais

Novo dinossauro argentino pode ser o maior animal terrestre do planeta

Fósseis encontrados na Patagônia podem ter pertencido ao maior animal terrestre da história, um novo dinossauro argentino. Confira: (James Kuether / Science Photo Library/Divulgação Leia mais em: https://super.abril.com.br/ciencia/fosseis-encontrados-na-argentina-podem-pertencer-ao-maior-dinossauro-ja-descoberto/)

Nesse momento, paleontólogos estão em solo argentino – na Patagônia, desenterrando aquele que pode ter sido o maior animal terrestre da história. Todavia, pesquisadores retiraram apenas 24 vértebras do animal da terra até o momento. Ainda assim, estimativas preliminares indicam que o novo dinossauro argentino pode ter passado dos 35 metros de comprimento.

A datação do fóssil remonta a 98 milhões de anos atrás, o que quer dizer que o gigante pode ter dividido o solo argentino com outros dinossauros parecidos, contudo menores. Aliás, pesquisadores ainda não identificaram se o animal pertence a uma nova espécie ou uma já conhecida.

Maegan Thomas/Pixabay

Uma coisa é certa: esse dino pertenceu ao grupo dos saurópodes. Esses animais foram os maiores animais terrestres do planeta, característicos pelo pescoço comprido e pernas parecidas com a de elefantes. Os saurópodes habitaram praticamente o planeta todo e tinham poucos predadores naturais, devido a seu tamanho absurdo. Falando em predadores, a Patagônia também foi o lar do maior animal carnívoro já descoberto, o Giganotossauro. De qualquer forma, estudos sugerem que o novo dinossauro argentino é um parente não tão distante dos Andessauros, uma espécie menor que também viveu na Patagônia.

Outros gigantes além do novo dinossauro argentino

Desde 1990, o mundo já conhecia o animal que era, até então, o maior bicho terrestre que já pisou no planeta. Estimativas indicam que os Argentinossauros podiam ter até 35 metros de comprimento e incríveis 100 toneladas! Alguns anos mais tarde, em 2014, o Patagotitan tomou os holofotes com 37 metros de comprimento e pesando em torno de 70 toneladas. No caso da descoberta de uma nova espécie, o novo gigante argentino pode bater os records mundiais de seus primos e conterrâneos. Contudo, isso depende da exploração do resto do corpo do animal e do resultado das estimativas do seu tamanho.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

O artigo está disponível no periódico Cretaceous Research.

Mateus Marchetto
Publicado por

Aluno de Ciências Biológicas da Universidade Federal do Paraná, professor de inglês, apaixonado por ciência e divulgação científica. Me interesso principalmente pelas áreas de microbiologia, bioquímica e bioinformática.

Mente & Cérebro

Os corvos são considerados modelos de cognição em psicologia animal, e são uma das mais fortes evidências de que a consciência é um fenômeno...

Plantas & Animais

No oceano, no meio dos corais, você pode encontrar esse estranho organismo. Embora muitas vezes se pareça com uma pedra circular esverdeada e brilhante,...

Plantas & Animais

Cientistas descreveram, em um estudo publicado no Journal of Mammalian Evolution, uma nova espécie gigante de um dente-de-sabre, Machairodus lahayishupup, que teria vivido na América do...

Plantas & Animais

Um novo estudo mostrou que os tubarões, assim com as aves, se orientam pelo campo magnético da Terra para realizar migrações de longa distância.