Connect with us

Hi, what are you looking for?

Saúde & Bem-Estar

Andar ou correr: o que é melhor para a sua saúde?

andar ou correr
Andar ou correr: qual dessas atividades é a melhor para a saúde? (Getty Images)

Ao que parece, a biologia evolutiva pode explicar o porquê a corrida é uma atividade física que mais se encaixa nas características dos seres humanos. Nossos antepassados sobreviviam da caça, então seus corpos tomaram mais resistência para que pudessem percorrer longas distâncias, seja para andar ou correr.

Essa hipótese fora levantada pelo Daniel Lieberman, da Universidade de Harvard. Para ele, percorrer longas distâncias só é possível pois nosso corpo sofreu uma série de adaptações. De modo a ajudar no resfriamento, passamos a possuir pele sem pelos e glândulas sudoríparas, já para manter a cabeça no lugar, temos um ligamento especial, bem músculos resistentes.

Qual a importância de andar ou correr diariamente?

Segundo as diretrizes de atividade física do governo dos Estados Unidos e do Reino Unido, o recomendado é que os adultos optem por realizar 2,5 horas de atividades moderadas. Para quem já tem um hábito mais frequente, o ideal é que seja feito 75 minutos diários de exercícios rigorosos. No entanto, é nesse quesito que muitos acabam por ficarem confusos, afinal, como destingir um exercício moderado de um rigoroso?

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Relacionado: Morte instantânea por ataque cardíaco é mais comum em sedentários

Há muitos anos, Bill Haskell, da Stanford University, na Califórnia, se fez esse mesmo questionamento. E foi assim que desenvolveu um método onde compara exercícios e sentar-se em silêncio. A cada hora sentados, nosso corpo perde 1 kcal de massa corporal. Para esse resultado obtido, os pesquisadores chamaram de equivalente metabólico, ou 1 MET.

andar ou correr
Equivalentes metabólicos (METs) de algumas atividades. (BunzG)

Por exemplo, um indivíduo com 80 kg terá uma taxa metabólica de 1920 kcal por dia, ao permanecer em repouso. Para separar as atividades físicas por categorias entre moderadas e rigorosas, podemos seguir a seguinte classificação. Exercícios leves: 3 METs, exercícios moderados entre 3 e 6 METs e exercícios vigorosos, qualquer coisa acima de 6 METs.

Portanto, para avaliar a classificação de andar ou correr, será preciso ter uma ideia de duração. Exemplo: uma caminhada é considerada como sendo uma atividade leve, gastando cerca de 2 METs, enquanto uma caminhada rápida gasta 5 METs. Já em relação a corrida, 7 km / h é quando o exercício entra na categoria vigorosa.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Qual a melhor atividade física?

Muitos acreditam que correr é melhor que andar, no entanto, em janeiro foi publicado um novo estudo onde foram avaliadas 138 pessoas. Todas elas estavam participando de uma maratona, e ficou perceptível que: independente do ritmo, todos que percorriam os 41 km obtinham uma redução de 4 anos na idade do sistema cardiovascular. Uma outra descoberta foi que, o retorno mais positivo não é correr muito, mas sim, aqueles que eram sedentários e passaram a andar ou correr.

Para Angelique Brellenthin, pesquisadora da Iowa State University, “os maiores benefícios para a saúde são vistos com apenas um pouco de corrida a cada semana, menos de 60 minutos, uma quantidade que se adequaria à maioria dos horários”. Dessa forma, não importa a duração do exercício escolhido, mas sim, que seja repetido ao longo dos dias, a fim de obter um estilo de vida mais saudável”.

Relacionado: Beber café antes dos exercícios pode fazer algo incrível para o seu corpo

Publicidade. A leitura continua abaixo.

“O fato de a corrida oferecer benefícios semelhantes aos de caminhada, mas na metade do tempo, é um dos principais motivos pelos quais a corrida é atraente para a saúde. Pode haver benefícios adicionais da corrida, especialmente para a saúde cardiovascular, relacionados à maior intensidade da corrida. No entanto, a intensidade é relativa ao condicionamento físico individual, e a caminhada rápida trará muitos benefícios à saúde para pessoas como iniciantes e adultos mais velhos”, revela Brellenthin.

A corrida é uma atividade de alto impacto ao corpo humano, afinal, quando o pé atinge o solo, a força usada para esse movimento de sustentação é comparada à 3 vezes a do corpo. Com isso, para andar ou correr existem pontos positivos e negativos, porém, ambos fazem bem à saúde, mesmo sendo praticados alguns minutos por dia.

Publicidade. A leitura continua abaixo.
Ruth Rodrigues
Publicado por

Bióloga de formação, mas divulgadora científica de coração. Escreve sobre o mundo das ciências para o SoCientífica.

Faça um comentário

Mundo Estranho

O jovem de 23 anos Eik Júnior Monzilar Parikokoriu precisou percorrer nove quilômetros com a ave presa à garganta até chegar num pronto-socorro.

Espaço

Planeta Nove? Plutão deixou de ser planeta? Descubra agora quantos e quais são planetas do Sistema Solar.

Mente & Cérebro

Nas últimas décadas, inúmeras pesquisas mostraram a relação entre amamentação e a saúde da criança. Sabe-se, por exemplo, que a amamentação ajuda no desenvolvimento...

Planeta & Ambiente

Nukumi, uma grande fêmea de tubarão-branco marcada no ano passado está cruzando o Atlântico já faz dois meses. De acordo com especialistas, ela pode estar...