AmbienteCientistas alertam que Floresta Amazônica pode entrar em colapso

Futurism3 semanas atrás3 min
https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/08/floresta-amazônica-pode-entrar-em-colapso.jpg

Como a Floresta Amazônica continua a queimar em decorrência das práticas de corte e queima do desmatamento, nos aproximamos progressivamente do ponto de não retorno.

Nos últimos 50 anos, cerca de 20% da floresta tropical foi queimada ou cortada. À medida que os incêndios atuais se prolongam e as políticas que os levaram a eles continuam a existir, outros 20% – ou seja, 482 mil quilômetros quadrados – também poderão desaparecer em breve.

Nesse ponto, os cientistas alertam para um “colapso em cascata do sistema”, no qual a Amazônia começa a desmoronar completamente, e libera uma quantidade devastadora de carbono armazenado no processo.

A floresta amazônica costumava ser um grande sumidouro de carbono, ou seja, um lugar que impedia que vastas reservas de carbono sequestrado entrassem e aquecessem a atmosfera.

Mas a floresta tropical já foi devastada pelo desmatamento a ponto de a floresta remanescente não compensar mais a quantidade de carbono que já foi liberada.

Se mais for cortado ou queimado, as emissões de gases de efeito estufa resultantes seriam equivalentes a uma “bomba catastrófica”, que não só levaria ao desmoronamento do resto da floresta, mas também potencialmente à destruição ambiental em todo o planeta.

“Seu projeto para a Amazônia é o agronegócio”, disse ao The Intercept Francisco Umanari, chefe indígena apurinã, sobre as perigosas políticas ambientais do presidente Bolsonaro.

“Se ele não for detido, vai atropelar nossos direitos e permitir uma invasão gigantesca da floresta. A apropriação de terras não é nova, mas se tornou uma questão de vida ou morte”.

Publicado originalmente em Futurism. Você pode acessar o link original aqui.