Connect with us

Hi, what are you looking for?

Plantas & Animais

A morte súbita e misteriosa de uma das maiores cobras já capturadas

No ano de 2016 autoridades da Defesa Civil da Malásia capturaram uma píton. Até aí, tudo bem, afinal as pítons-reticuladas são animais bastante comuns nesse pequeno país asiático. Acontece, no entanto, que essa não era uma cobra comum. A píton capturada foi uma das maiores cobras encontradas vivas, chegando perto dos 8 metros de comprimento e quase 250kg. Contudo, a cobra morreu misteriosamente apenas três dias após seu encontro com seres humanos.

(Imagem de Hendrik Alberti Bernat por Pixabay)

A píton gigante estava presa embaixo de uma árvore caída próximo a um local de obras na ilha de Penang, na Malásia. Após moradores encontrarem o animal, a Defesa Civil foi acionada. Chegando ao local, os oficiais levaram mais de 30 minutos para imobilizar e controlar a serpente. Contudo, a vida em cativeiro desse bicho gigante durou pouco. A cobra morreu três dias após sua captura logo depois de pôr um único ovo. Acredita-se que o animal pode ter morrido pelo estresse causado pela manipulação e captura. Alguns vídeos mostram, inclusive, um homem chutando o animal sem motivo durante a imobilização.

As maiores cobras do mundo e onde habitam

O título da maior cobra em cativeiro hoje pertence a Medusa. Da mesma espécie que o animal da Malásia, Medusa mede 7,67 metros e tem quase 160kg de acordo com medições feitas em 2011. Essa serpente é parte de uma atração temática chamada The Edge of Hell, na cidade do Kansas. Vale lembrar, ainda, que as pítons são espécies invasoras nos Estados Unidos.

Ademais, há registros de uma cobra ainda maior que essas duas já citadas. Em 1912 autoridades relataram uma píton-retículada com aproximadamente 10 metros de comprimento. Esse animal então, seria a maior cobra já registrada no mundo, apesar da falta de registros em foto. O bicho acabou sendo abatido logo que visto, na Indonésia.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Outras espécies, como as sucuris – bastante comuns no Brasil – frequentemente passam dos 6 metros de comprimento. Esses bichos também estão entre as maiores cobras vivas atualmente. Justamente por isso esses animais acabam sendo mortos por caçadores, fazendeiros ou mesmo autoridades locais.

O real perigo na manipulação de animais selvagens

Animais selvagens tendem a evitar seres humanos. Isso porque a simples presença de pessoas causa um estresse enorme em qualquer animal selvagem. Esse pode ter sido inclusive, o motivo da morte precoce da Píton da Malásia. É provável ainda que a manipulação e contenção do animal podem ter acontecido de forma incorreta, o que levou a lesões e um estresse maior ainda.

Isso acontece com diversos tipos de animais quando o nível de cortisol no sangue sobe muito. Essa elevação pode causar paradas cardíacas e lesões irreparáveis, causando muitas vezes a morte de animais raros e ameaçados.

Publicidade. A leitura continua abaixo.
Mateus Marchetto
Publicado por

Aluno de Ciências Biológicas da Universidade Federal do Paraná, professor de inglês, apaixonado por ciência e divulgação científica. Me interesso principalmente pelas áreas de microbiologia, bioquímica e bioinformática.

Mente & Cérebro

Os corvos são considerados modelos de cognição em psicologia animal, e são uma das mais fortes evidências de que a consciência é um fenômeno...

Plantas & Animais

No oceano, no meio dos corais, você pode encontrar esse estranho organismo. Embora muitas vezes se pareça com uma pedra circular esverdeada e brilhante,...

Plantas & Animais

Cientistas descreveram, em um estudo publicado no Journal of Mammalian Evolution, uma nova espécie gigante de um dente-de-sabre, Machairodus lahayishupup, que teria vivido na América do...

Plantas & Animais

Um novo estudo mostrou que os tubarões, assim com as aves, se orientam pelo campo magnético da Terra para realizar migrações de longa distância.