Galileu Galilei

Nascido em 15 de fevereiro de 1564 em Pisa, Itália, Galileu Galilei foi um polímata italiano e um dos principais participantes da revolução científica. Depois de estudar matemática na Universidade de Pisa, a ele foi oferecida a cadeira de matemática em 1589. Durante seu tempo lá, Galileu realizou uma série de experimentos de movimento, incluindo alguns que demonstraram que a taxa em que um objeto cai é independente do seu peso.

Já que as teorias que desenvolveu entraram em conflito com a física aristotélica, ele foi forçado a deixar sua posição em 1592 e assumir a cátedra de matemática na Universidade de Pádua, onde começou a fazer suas primeiras contribuições para a astronomia observacional. Embora não inventou o telescópio, Galileu é creditado com aperfeiçoar de seu projeto e fazê-lo mais poderoso. E Galileu fez muitas descobertas revolucionárias, quando ele apontou seu telescópio para o céu. Ele descobriu que há muitas mais estrelas do que são visíveis a olho nu e que a Lua está coberta de montanhas e vales. Ele também descobriu as quatro maiores luas de Júpiter, Por isso, os quatro maiores satélites do planeta são conhecidos como satélites galileanos, que são Io, Europa, Ganimedes e Calisto.

As ideias de Galileu, entre elas seu apoio à teoria de Copérnico (heliocentrismo ou teoria heliocêntrica), o colocaram em desacordo com a Igreja Católica e acabaram levando-o à presença da Inquisição. Em 1633 ele foi forçado a retrair suas opiniões e foi colocado sob prisão domiciliar. No entanto, ele continuou sua pesquisa, mesmo depois de ficar completamente cego. Em 1992, 350 anos após a morte de Galileu, o Papa João Paulo II retirou formalmente a sentença da Igreja.

« Retorne para a Enciclopédia

LEIA TAMBÉM

PROPAGANDA