Connect with us

Hi, what are you looking for?

Saúde & Bem-Estar

Consumo moderado de vinho ou cerveja pode ajudar a evitar demência

O consumo moderado de vinho ou cerveja pode ajudar a evitar demência, pelo menos foi o que apontou um estudo realizado nos Estados Unidos.

Consumo moderado de vinho ou cerveja pode ajudar a evitar demência
Algumas taças de vinho por semana podem ser um grande negócio. (Créditos: Gettyimages)

É hábito de muitas pessoas beber vinho, ainda mais nas épocas frias do ano. Outros preferem a cerveja, companheira do futebol e do churrasco. Se você é desses, agora tem um aliado importante para defender o seu posicionamento: o consumo moderado de vinho ou cerveja pode ajudar a evitar a demência em pessoas mais velhas.

Oito copos para os homens e 15 para as mulheres, ao longo de uma semana, podem ajudar a diminuir as taxas de declínio cognitivo. Assim, a saúde mental, a recordação de palavras e o vocabulário vai demorar mais para ser atingido. Até mesmo os que consomem menos álcool do que isso por semana podem se beneficiar.

Para chegar a essa conclusão, pesquisadores analisaram dados de 19.887 pessoas, referentes a saúde e status econômico. Dessa maneira, todos eles foram submetidos a testes a cada 2 anos, entre 1997 e 2008, para identificar mudanças na saúde, com base em quatro fatores: cognição total, estado mental, recordação de palavras e vocabulário.

Continua depois da publicidade

Desse total, 6.010 eram bebedores de baixo e moderado nível. Assim, quando os pesquisadores decidiram fazer uma comparação com aqueles que nunca bebiam, ficaram surpresos: a chance de sofrerem queda no quatro fatores era bem menor do que aqueles que não tinham o hábito de consumir vinho ou cerveja.

Isso quer dizer que posso beber vinho e cerveja à vontade?

O consumo moderado de vinho ou cerveja pode ajudar a evitar demência, mas se exagerar na quantidade, poderá enfrentar problemas no fígado ou em outras partes do corpo. Dessa forma, os pesquisadores indicaram que:

– Beber 12 doses por semana pode ajudar a reduzir a função cognitiva;

Continua depois da publicidade

– Ao tomar 13 copos, melhora o estado mental;

– Com 10 copos, a recuperação de palavras acontece;

– E com 14 doses, é possível manter o vocabulário.

Continua depois da publicidade

Os pesquisadores conseguiram identificar ainda que as pessoas que bebem mais do que a quantidade indicada, ou muito menos do que isso, praticamente não terão benefícios.

Consumo moderado de vinho ou cerveja pode ajudar a evitar demência
(Foto: Posawee Suwannaphati / Pexels)

Consumo moderado de vinho ou cerveja pode ajudar a evitar demência?

O estudo contou com 11.943 mulheres, equivalente a aproximadamente 60% do total da amostra. Os participantes tinham uma idade média de 61 anos.

“Os mecanismos subjacentes à associação benéfica do consumo de álcool baixo a moderado com a função cognitiva não são claros”, disse o principal autor do estudo, Li Changwei, da Universidade da Geórgia, nos Estados Unidos.

Um estudo recente apontou que o consumo de álcool eleva o risco de hipertensão e derrame, independente da dose, o que diminui a eficiência desse método de preservar a boa memória.

Continua depois da publicidade

“O papel do consumo de álcool na função cognitiva pode ser um equilíbrio de seus efeitos benéficos e prejudiciais ao sistema cardiovascular”, afirmou Changwei.

Outro estudo, realizado com 500 mil pessoas na China apontou que o consumo de álcool eleva a pressão arterial e amplia o risco de derrame. Mas, oferece pouco risco quanto aos ataques cardíacos.

A pesquisa foi publicada na JAMA Open Network, confira.

Continua depois da publicidade
Avatar
Publicado por

Erik Behenck é jornalista, adora novas descobertas e apaixonado pela escrita.


Populares hoje

Tecnologia

A Rússia está desenvolvendo uma nova arma destrutiva, um torpedo nuclear furtivo. O objetivo do torpedo é gerar tsunamis radioativos. Apesar de ainda estar sendo construído...

Plantas & Animais

Diversos vídeos na internet mostram como cães e outros pets podem demonstrar ciúmes em diversas situações. Contudo, ainda há poucos estudos que indiquem realmente...

Mundo Estranho

Com intuito de criar interfaces cérebro-computador, a empresa Neuralink segue nos últimos 2 anos, avançando em suas pesquisas. Com auxílio dos novos computadores criados...

Espaço

O Programa Ártemis é uma proposta que pode revolucionar a comunidade que, por décadas, foi excluída de missões importantes da NASA. No dia 9...