Connect with us

Hi, what are you looking for?

História & Humanidade

As mulheres são realmente mais empáticas do que os homens?

mulheres-são realmente-mais empáticas-do-que-os-homens
As mulheres são realmente mais empáticas do que os homens? Fonte: GettyImages

O modo como nos portamos perante as outras pessoas revela bastante sobre nós mesmo. Nos últimos anos, pesquisadores tem se unido para tentar comprovar, de modo científico, o motivo pelo qual as mulheres são realmente mais empáticas do que os homens. O termo chave usado para conduzir essa pesquisa é “empatia”. Quando buscamos conceituar essa palavra, encontraremos a seguinte definição: “é a capacidade de compreender e compartilhar os sentimentos dos outros”.

Entretanto, nem todas as pessoas possuem esse sentimento de empatia para com os outros. Isto é, no íntimo de cada indivíduo, existe uma vertente que apenas finge esse sentimento, sendo considerado um sociopata ou psicopata. Porém, somente o fato de não gostar de alguém, não significa que um sujeito seja considerado um maníaco ou uma pessoa sem sentimentos. O que acontece é o turbilhão de sentimentos que vão se acumulando no decorrer da vida, e a forma com a qual administramos eles. As mulheres são mais atentas, além de serem mais cuidadosas na hora de verbalizar algo.

Ciência comprova que mulheres são realmente mais empáticas

Para afirmar que as mulheres são realmente mais empáticas do que os homens, será preciso levar em consideração, além das emoções, o modo como tais pessoas foram criadas. O modo econômico e social podem ser fatores diferenciais. Recentemente, pesquisadores da UCLA obtiveram em seus estudos, o resultado de que o cérebro feminino mostra mais uma resposta empática.

Continua depois da publicidade
mulheres são realmente mais empáticas do que os homens
Nas interações sociais altruístas, as mulheres mostram mais empatia do que os homens, embora o motivo ainda não esteja claro. © James R. Doty

Segundo os autores do estudo, “os dados sugerem que as mulheres são melhores em sentir a dor dos outros, em realmente sentir o que o outro está sentindo em um determinado momento. As mulheres que participaram do estudo mostraram uma ativação relativamente maior em uma área sensorial do cérebro associada à dor do que seus colegas do sexo masculino”.

Leia também: Brilho misterioso no centro da galáxia pode ser de matéria escura

Em um outro estudo, sendo esse realizado pela Universidade de Cambridge, foram testadas mais de 680.000 pessoas, onde obteve o resultado de que as mulheres possuem uma capacidade maior de reconhecer e se colocar no lugar do outro. Já os homens, esses acabam se atendo mais as regras, esquecendo-se que a vida também é feita de partes subjacentes, onde nem sempre teremos que ser tão rígidos.

A biologia por trás da empatia das mulheres

Alguns cientistas acreditam que o meio social, econômico e cultural pode sim influenciar esse sentimento, no entanto, é preciso lembrar que a nossa biologia também é algo que exerce um grande poder. Como os homens mais primitivos eram os chefes, estavam constantemente preocupados em manter a sobrevivência de sua prole, se tornando mais rígidos ao longo dos anos. Enquanto as mulheres cuidavam da família, gerando em si própria, um mundo mais sentimental.

Continua depois da publicidade

Confira: Estudo mostra que polvos podem dormir como mamíferos

Um outro fator que os pesquisadores usam como parâmetro é a quantidade de homens que são presos por dia, praticando atos violentos. Lógico, a presença do hormônio da raiva, a testosterona, é produzida em maior quantidade nos homens, sendo um fator que pode vir contribuir para afirmar que as mulheres são realmente mais empáticas do que os homens.

Continua depois da publicidade
Ruth Rodrigues
Publicado por

Bióloga de formação, mas divulgadora científica de coração. Escreve sobre o mundo das ciências para o SoCientífica.

Comentários

Populares hoje

Saúde & Bem-Estar

Surto de vômito entre cães foi identificado por pesquisadores como um novo tipo de coronavírus canino não transmissível a humanos.

Espaço

Após um documentarista divulgar imagens intrigantes acerca de um possível OVNI, o Pentágono confirmou sua autenticidade. Nas filmagens, o objeto voador estava sobrevoando um...

Plantas & Animais

No dia 01 de Abril de 2009 cientistas anunciaram o nascimento do primeiro — e único — animal extinto já ressuscitado. Em um artigo...

Saúde & Bem-Estar

O alumínio é um metal pesado que não é essencial para o corpo humano. Contudo, esse composto é altamente reativo biologicamente e diversos estudos...