Connect with us

Hi, what are you looking for?

Espaço

Voyager, a Estação Espacial massiva que será construída até 2025

Um dos protótipos da Estação Espacial. (Gateway Foundation)

A Gateway Foundation pretende criar a primeira estação orbital com gravidade artificial. A bordo, turistas e pesquisadores podem permanecer por várias semanas. A fundação quer começar a construí-la até 2025. Se o cronograma parece muito ambicioso, o projeto continua sendo fascinante, semelhante uma obra de ficção científica.

Criada por John Blincow em 2012, a Gateway Foundation nos promete sonhos, pelo menos no papel. Batizada de Voyager, em homenagem às famosas sondas, e modelada nos conceitos imaginados por Wernher von Braun, ela teria a forma de uma plataforma circular móvel de quase 500 metros de largura. A inércia e a força centrípeta de aceleração permitiriam gerar pressão nas paredes externas da estrutura, criando uma gravidade quase semelhante à da lua, o que seria capaz de manter nossos pés ao chão.

O objetivo é acomodar pouco mais de 400 pessoas, com a tripulação. O custo estimado é de cerca de 70 bilhões de dólares. Se obtiver êxito, será a maior estrutura feita pela humanidade no espaço.

Continua depois da publicidade

Voyager será científica e turística

Do lado da estrutura, uma baia de atracação estará disponível para acomodar os vaivéns. Um elevador irá levá-lo ao Hub: o “coração” da estação. Lá você encontrará a administração e o centro de controle, além de uma vista magnífica do nosso pequeno pálido ponto azul.

Você será levado para a Área de Gravidade Lunar (LGA), que é o centro da vida. A Voyager oferecerá vinte e quatro módulos de habitação integrados. Lá você encontrará alojamentos, mas também um ginásio, um restaurante, uma sala de cinema e, acredite, um spa.

O vídeo abaixo mostra como seria o processo de montagem da Estação Espacial.

Continua depois da publicidade

A estação também se comercializará como um centro de ciência. O anel gravitacional planejado poderia de fato se tornar uma plataforma de pesquisa para agências e outras empresas aeroespaciais privadas interessadas nos efeitos da gravidade artificial parcial em sistemas vivos e não vivos. Este trabalho também abrirá o caminho para estruturas maiores e mais complexas no espaço.

Olhando para o futuro, os governos e as empresas privadas terão permissão para usar os módulos Voyager para missões de treinamento lunar e além, fornecendo uma plataforma de lançamento para os empresários desenvolverem e comercializarem atividades de turismo no espaço.

Continua depois da publicidade

Primeiros protótipos a caminho

Recentemente, novos detalhes foram revelados sobre este ambicioso “hotel 6 estrelas”. Como parte de uma sessão de perguntas e respostas organizada em 29 de janeiro, foi anunciado que a Orbital Assembly Corporation, que está conduzindo o projeto, estava oficialmente aberta a investidores privados até 1º de abril de 2021 (0,25 dólares americanos por ação).

Antes que a estação possa começar a operar, seus construtores terão que estabelecer a infraestrutura orbital necessária e criar estruturas menores para testar o conceito. De acordo com John Blincow, um robô de montagem chamado STAR será responsável por construir a estrutura da futura estrutura. Em preparação, um protótipo menor baseado em solo conhecido como DSTAR testará a tecnologia na Terra.

A máquina, que pesa quase oito toneladas em massa, em breve será testada na Califórnia, nos Estados Unidos.

Continua depois da publicidade

O Orbital Assembly Corporation também precisará provar a viabilidade da gravidade artificial estável no espaço. Para isso, a empresa planeja construir um protótipo com cerca de 61 metros de diâmetro projetado para criar uma gravidade artificial quase semelhante à de Marte, ou cerca de 40% da Terra. A construção e o lançamento deste protótipo devem levar de dois a três anos. Depois de instalado em órbita, sua montagem levará apenas três dias.

Comentários

Populares hoje

Saúde & Bem-Estar

Uma empresa israelense chamada CorNeat Vision desenvolveu uma córnea sintética e permitiu a um homem de 78 anos, cego há dez anos, recuperar totalmente...

Tecnologia

Muitos especialistas em estratégia militar alertam que as guerras do futuro não serão terrestres, mas confrontos sob o signo da inteligência artificial e do...

História & Humanidade

Os sapiens não são a única espécie humana que já circulou pela Terra, embora hoje só nós estejamos vivos. Fora os sapiens, a espécie...

História & Humanidade

Nós possuímos, em nosso DNA, registros de um ancestral misterioso, que acasalou com espécies humanas há aproximadamente um milhão de anos.