Connect with us

Hi, what are you looking for?

Espaço

Veja o telescópio espacial James Webb abrir seus enormes espelhos

O Telescópio Espacial James Webb abriu suas enormes “asas” de espelho pela última vez na Terra antes de ser lançado no final de 2021.

Telescópio espacial James Webb abre seus espelhos
(Imagem: NASA)

A Nasa divulgou recentemente um vídeo em que o telescópio espacial James Webb, o maior e mais poderoso telescópio de ciências espaciais do mundo, abre seus enormes espelhos dourados pela última vez aqui na Terra.

O Webb é um observatório multiuso que permitirá aos astrônomos estudar algumas das primeiras estrelas e galáxias do universo, procurar por possíveis sinais de vida nas atmosferas de planetas alienígenas próximos e fazer uma variedade de outros trabalhos de alto nível. Seu espelho primário tem 6,5 metros de largura, comparado a 2,4 m para o Hubble.

O James Webb Space Telescope (JWST). (Crédito: Nasa)

O que se vê no vídeo divulgado pela agência é parte uma longa série de testes projetados para garantir que os 18 espelhos hexagonais de Webb estejam preparados para uma longa jornada no espaço e uma vida de profundas descobertas.

“O espelho primário é uma maravilha tecnológica”, disse Lee Feinberg, o gerente de elemento do telescópio óptico para o Webb no Goddard Space Flight Center da NASA, em um comunicado . “Os espelhos leves, revestimentos, atuadores e mecanismos, eletrônicos e cobertores térmicos, quando totalmente implantados, formam um único espelho preciso que é verdadeiramente notável.”

Publicidade. A leitura continua abaixo.

O Webb passou por um conjunto bastante rigoroso de testes em preparação para seu grande lançamento no final deste ano. 

Envolveu a implantação de cada um dos 132 atuadores e motores do telescópio que ajudam os espelhos a se moverem como um só. Eles também podem manipular os espelhos para desdobrá-lo de sua forma compacta de viagem, uma vez que seja lançado em órbita.

Os testes ocorreram na sala de controle de testes do Webb em Redondo Beach, Califórnia. A sala incluía equipamento de compensação de gravidade exclusivo para simular o ambiente de gravidade zero do espaço.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Confira o Vídeo:

Damares Alves
Publicado por

Apaixonada pela natureza, me tornei redatora e hoje escrevo exclusivamente sobre ciência. Meu objetivo é que todos possam ter acesso a pesquisas importantes e descobertas incríveis que são realizadas todos os dias.

Faça um comentário

Tecnologia

Cientistas estão trabalhando em um novo tipo de propulsão hipersônica que poderia permitir aviões voarem a mais de 20.000 km/h (Mach 17).

Plantas & Animais

Minúsculas criaturas, os rotíferos bdelóides, ficaram congelados no permafrost por 24.000 anos e foram recentemente trazidos de volta à vida, produzindo clones em um...

Notícia

Por muitos anos, a ecolocalização humana tem sido uma forma de percepção para pessoas que perderam a visão. Apesar disso, poucas pesquisas reforçavam essa...

Plantas & Animais

Raças menores de cães geralmente apresentam comportamentos mais instáveis. Pode haver, portanto, diversos motivos para cachorros pequenos serem ferozes.