Connect with us

Hi, what are you looking for?

Plantas & Animais

Uma enorme nuvem de formigas voadoras que pôde ser vista do espaço

Algo bem peculiar chamou a atenção dos radares do serviço meteorológico do Reino Unido recentemente, e não era chuva.

Algo bem peculiar chamou a atenção dos radares do serviço meteorológico do Reino Unido recentemente, e não era chuva.

A princípio, parecia que uma chuva leve estava caindo ao sul da Inglaterra, mas, depois de uma inspeção mais detalhada, ficou claro que não eram suas nuvens. Eram criaturas de fato, vivas.

Especialistas afirmaram que as massas eram são na verdade enxames de formigas voadoras, tão densas que foram vistas como gotas de chuva pelos satélites meteorológicos no espaço.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

“Você pode dizer que não é chuvas porque tem uma aparência estranha”, explicou o apresentador da BBC Simon King. “Não combina exatamente com o que a chuva parece.”

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Essa invasão de insetos é um evento anual de enxame, conhecido como ‘Flying Ant Day’, pode ocorrer a qualquer momento entre junho e o início de setembro, com um pico que dura vários dias.

Após um período de tempo quente e úmido, as formigas pretas de jardim (Lasius niger) chegam aos céus em massa, atravancando o horizonte, voando para casas e distraindo os tenistas em Wimbledon.

A nuvem trata-se de um grupo de formigas rainhas rainhas que emergem de seus ninhos prontas para começar uma nova vida; para garantir a melhor descendência possível, eles escolhem seus parceiros em potencial através deste ritual.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

As formigas fêmeas então liberam uma série de feromônios em seus vôos nupciais, essas rainhas atraem um enxame de formigas machos, todas prontas para competir por sua atenção, enquanto buscam segurança em números para tentar evitar aves famintas prontas para aproveitar e se banquetear desse ritual de acasalamento.

Ao fim desse ritual, os machos morrem e as formigas-rainha voltam mais uma vez ao chão, sobrecarregadas com espermatozoides e prontas para cavar um novo ninho. Se tudo ocorrer bem, a formiga fêmea deve ter acasalado o suficiente para fertilizar todos os seus óvulos pelo resto de sua vida (geralmente cerca de 20.000 ovos em cerca de 15 anos).

A partir desses recentes avistamentos, seria fácil concluir que as formigas-voadoras estão crescendo em número, mas o entomologista Adam Hart, da Universidade de Gloucestershire, disse ao The Guardian que acha que isso é apenas uma indicação de quão sensível nossa tecnologia se tornou.

Além disso, mesmo se eles estivessem aumentando, ele não acha que seria uma coisa ruim. Enquanto a ‘Flying Ant Season’ é geralmente considerada um incômodo, também é extremamente benéfica para os ecossistemas britânicos.

Essas formigas não são apenas uma fonte vital de alimento para as aves, mas a maneira como eles entopem e escavam seus ninhos tem profundas implicações para a qualidade do solo da região.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

FONTE / Science Alert

Faça um comentário

Notícia

Durante o desenvolvimento embrionário, os mamíferos (a maioria deles) crescem na cavidade do útero da mãe. Esse ambiente vai se dilatando e desenvolvendo ao...

Mundo Estranho

O jovem de 23 anos Eik Júnior Monzilar Parikokoriu precisou percorrer nove quilômetros com a ave presa à garganta até chegar num pronto-socorro.

Saúde & Bem-Estar

Os exercícios de alta intensidade de intervalos (HIIT) se tornaram populares nos últimos anos por uma série de razões. Eles não exigem tanto tempo...

Espaço

Planeta Nove? Plutão deixou de ser planeta? Descubra agora quantos e quais são planetas do Sistema Solar.