Connect with us

Hi, what are you looking for?

Plantas & Animais

Tubarões foram flagrados compartilhando alimento com crocodilos

Se há abundancia de alimentos, até mesmos os maiores predadores podem compartilhar.

Se há abundancia de alimentos, até mesmos os maiores predadores não se importam em compartilhar. Um drone aéreo capturou as imagens pioneiras que mostram dois enormes tubarões-tigre e um crocodilo de água salgada de quatro metros dividindo uma carcaça de baleia.

As imagens são incríveis pois capturaram dois momentos únicos, nunca vistos antes: Tubarões-tigre compartilhando alimento com um crocodilo, e um crocodilo de água salgada se alimentando de uma baleia.

LEIA TAMBÉM: Tubarão de 400 anos encontrado no Ártico pode ser o mais antigo vertebrado vivo: confira vídeo

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Em setembro de 2017, uma empresa de charter encontrou uma carcaça de  baleia jubarte de quase 15 metros de comprimento flutuando em Kimberley, no oeste da Austrália. Um membro da equipe implantou um drone que capturou as, depois postou o vídeo impressionante nas redes sociais.

LEIA TAMBÉM: Misterioso tubarão do mar profundo é capturado em filmagens incrivelmente raras

Publicidade. A leitura continua abaixo.

“O aspecto mais interessante dessa observação foi ver a sobreposição no que diz respeito ao intervalo de tempo e espaço entre os tubarões tigre e os crocodilos de água salgada, dois predadores de ápice que raramente se encontram”, diz Austin Gallagher,  cientista chefe e CEO da Beneath the Waves, que conduziu um estudo sobre o fenômeno.

LEIA TAMBÉM: Píton engole um enorme crocodilo australiano inteiro: confira as imagens

Uma baleia morta é um prato cheio para muitos animais marinhos, atraindo diversas espécies que geralmente não são encontradas juntas. É por isso que esses eventos podem ser úteis para os cientistas que coletam dados sobre o comportamento da vida selvagem.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

LEIA TAMBÉM: Rara cascavel de duas cabeças é resgatada por herpetologistas

O surgimento dos drones aéreos criou a possibilidade de detectar e registrar esses eventos tão incríveis.

“Os olhos são as duas ferramentas mais valiosas que qualquer cientista tem”, diz Gallagher. “Os drones apenas estendem o que nossos olhos podem ver”.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Um artigo científico sobre esse fenômeno foi publicado no Journal of Ethology.

FONTE / National Geographic

Publicidade. A leitura continua abaixo.
Avatar
Publicado por

Faça um comentário

Mundo Estranho

O jovem de 23 anos Eik Júnior Monzilar Parikokoriu precisou percorrer nove quilômetros com a ave presa à garganta até chegar num pronto-socorro.

Espaço

Planeta Nove? Plutão deixou de ser planeta? Descubra agora quantos e quais são planetas do Sistema Solar.

Mente & Cérebro

Nas últimas décadas, inúmeras pesquisas mostraram a relação entre amamentação e a saúde da criança. Sabe-se, por exemplo, que a amamentação ajuda no desenvolvimento...

Planeta & Ambiente

Nukumi, uma grande fêmea de tubarão-branco marcada no ano passado está cruzando o Atlântico já faz dois meses. De acordo com especialistas, ela pode estar...