Connect with us

Hi, what are you looking for?

Notícia

Veja como observar a Superlua Rosa no céu esta semana

Durante essa semana a superlua rosa estará visível no céu. Veja como observá-la. (Imagem de Bessi por Pixabay )

A lua cheia é uma fase do satélite que ocorre a cada 29 dias. Durante esse período, a Terra está alinhada entre o Sol e a Lua e, assim, o satélite reflete mais intensamente a luz do astro. Contudo, alguns eventos de lua cheia são conhecidos como uma superlua. Nesse caso, o satélite parece maior e mais brilhante para observadores na Terra. E mais: essa semana haverá uma superlua rosa no céu.

Ao contrário do que o nome possa sugerir, a Lua não fica rosa durante esse evento. Na verdade, o fenômeno recebe o nome em homenagem a uma planta rosa (Phlox Subulata) dos Estados Unidos que floresce durante esse período do ano. Todavia, o satélite da Terra ficará 14% maior e 30% mais brilhoso do que o normal entre hoje (26) e quinta (29).

As superluas, por conseguinte, acontecem devido à natureza das órbitas dos astros. Acontece que os corpos celestes giram em torno uns dos outros em órbitas elípticas (ao invés de circulares, como se possa pensar). Assim, uma elipse tem o formato de um círculo achatado e o seu centro é dividido em dois focos.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

De forma prática, a lua oscila entre o perigeu, o ponto mais próximo da Terra (que ocupa um dos focos da elipse) e o apogeu, o ponto mais distante. Portanto, dados da NASA mostram que durante a superlua dessa semana estará a 357.378 quilômetros da Terra – mais de 20 mil quilômetros mais próxima do que o normal.

Como observar a superlua

Diferente das chuvas de meteoros, a superlua é mais facilmente observável rotineiramente e a olho nu. Basta estar em uma das regiões que naturalmente teriam a lua cheia nesse período durante o período de ascensão do astro.

Para conferir o horário de moonrise basta conferir online e observar enquanto a lua surge no horizonte no horário estimado. Em Curitiba, por exemplo, a superlua aparecerá no céu no dia 26 às 17:46.

Publicidade. A leitura continua abaixo.
Eclipse lunar parcial. (Imagem de adege por Pixabay)

Durante essa subida do horizonte a lua pode até apresentar uma coloração mais avermelhada. Contudo, isso acontece em todas as demais luas-cheias, não sendo apenas uma característica da superlua rosa. Acontece que quando a Lua está muito próxima da Terra, os raios solares refletem a luz do nosso planeta no satélite, causando uma coloração mais vermelha.

Enfim, para apreciar o espetáculo da natureza agora basta escolher um lugar limpo de poluição visual onde se possa ter um contraste melhor entre o horizonte e o céu. É preciso também torcer para que o céu esteja limpo – caso importante no exemplo de Curitiba.

Com informações de IFLScience e Live Science.

Publicidade. A leitura continua abaixo.
Mateus Marchetto
Publicado por

Aluno de Ciências Biológicas da Universidade Federal do Paraná, professor de inglês, apaixonado por ciência e divulgação científica. Me interesso principalmente pelas áreas de microbiologia, bioquímica e bioinformática.

Faça um comentário

Mundo Estranho

O jovem de 23 anos Eik Júnior Monzilar Parikokoriu precisou percorrer nove quilômetros com a ave presa à garganta até chegar num pronto-socorro.

Espaço

Planeta Nove? Plutão deixou de ser planeta? Descubra agora quantos e quais são planetas do Sistema Solar.

Mente & Cérebro

Nas últimas décadas, inúmeras pesquisas mostraram a relação entre amamentação e a saúde da criança. Sabe-se, por exemplo, que a amamentação ajuda no desenvolvimento...

Planeta & Ambiente

Nukumi, uma grande fêmea de tubarão-branco marcada no ano passado está cruzando o Atlântico já faz dois meses. De acordo com especialistas, ela pode estar...