Connect with us

Hi, what are you looking for?

Plantas & Animais

Rara coruja-das-neves foi avistada em Nova York; vídeo e fotos

(Twitter/@gigpalileo)

Pessoas visitando o Central Park de Nova York na manhã de quarta-feira tiveram um encontro surpreendente. Uma coruja-das-neves estava passeando em um campo de beisebol. Fotógrafos da natureza, ao saberem da notícia, foram correndo para lá, e registraram várias fotos desse animal que é raro naquela região.

A Coruja-das-neves

Após mais de um século sem ser avistada naquela região, a coruja foi fotografada no North Meadow do parque. De acordo com especialistas, a coruja-das-neves foi vista pela última vez no Central Park somente em 1890.

Relacionado: Voo da coruja inspira indústria aeronáutica a projetar aviões mais silenciosos

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Manhattan Bird Alert, uma conta do Twitter especializada em pássaros nova-iorquinos, postou sobre a coruja nevada e também compartilhou um vídeo.

“A coruja-das-neves do Central Park North Meadow não se incomodou muito com os corvos que se reuniram em torno dela mais cedo e que agora voltaram. As pessoas ficaram atrás de cercas distantes, caladas e respeitosas”, disse o perfil.

Segundo o The New York Times, os campos de beisebol são cercados no inverno para permitir que a grama cresça, então a aglomeração de espectadores foi mantida a uns duzentos metros de distância da coruja, mas isso não impediu pelo menos uma pessoa de trapacear.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

“Tivemos que corrigir uma condição de drone”, disse Dan Tainow, guarda florestal do Departamento de Parques.

“Alguém estava tentando tirar uma foto aérea”, disse ele. “A coruja estava ciente disso. Foi estressante.”

Relacionado: Estas são as cinco aves mais perigosas do mundo

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Vários outros tweetaram fotos e compartilharam suas experiências. 

À medida que a notícia da presença do animal se difundiu, autoridades pediram que as pessoas fossem cautelosas ao tentar dar uma olhada nela. Em um tuíte, o Departamento de Parques e Recreação da cidade de Nova York disse que “as corujas-das-neves preferem muito espaço pessoal e são melhor visualizadas com lunetas ou binóculos. Mantenha distância para que todos possam aproveitar e compartilhar este momento mágico”.

Publicidade. A leitura continua abaixo.
Redação
Publicado por

A SoCientífica, abreviação para Sociedade Científica, nasceu em agosto de 2014 da vontade de decifrar as novidades no mundo científico e transmiti-las para uma sociedade que depende da ciência e tecnologia mas que sabe muito pouco sobre elas. Em um momento em que a desconfiança está se sobressaindo e novas ondas negacionistas de evidências surgem, a SoCientífica está empenhada em ajudar a trazer iluminação para a sociedade novamente.

Mente & Cérebro

Os corvos são considerados modelos de cognição em psicologia animal, e são uma das mais fortes evidências de que a consciência é um fenômeno...

Plantas & Animais

No oceano, no meio dos corais, você pode encontrar esse estranho organismo. Embora muitas vezes se pareça com uma pedra circular esverdeada e brilhante,...

Plantas & Animais

Cientistas descreveram, em um estudo publicado no Journal of Mammalian Evolution, uma nova espécie gigante de um dente-de-sabre, Machairodus lahayishupup, que teria vivido na América do...

Plantas & Animais

Um novo estudo mostrou que os tubarões, assim com as aves, se orientam pelo campo magnético da Terra para realizar migrações de longa distância.