Connect with us

Hi, what are you looking for?

Planeta & Ambiente

Pesquisa mostra como os manguezais nos protegem de inundações

Esta ilustração mostra o impacto do aumento de tempestades na infraestrutura costeira e nas pessoas com e sem manguezais. (Crédito: © Banco Mundial)
Esta ilustração mostra o impacto do aumento de tempestades na infraestrutura costeira e nas pessoas com e sem manguezais. (Crédito: © Banco Mundial e Punto Aparte)

As defesas costeiras naturais proporcionadas pelos manguezais reduzem significativamente as cheias anuais em pontos críticos em todo o mundo. Isso porque sem manguezais, os danos causados pelas inundações aumentariam em mais de 65 bilhões de dólares anualmente. Além disso, mais 15 milhões de pessoas seriam afetadas, de acordo com um novo estudo publicado na Nature.

“Os manguezais fornecem defesas naturais incrivelmente eficazes, reduzindo o risco de inundações e danos.”, disse Pelayo Menéndez, coautor do estudo.

As mudanças climáticas estão aumentando o risco de inundações costeiras e elevando a intensidade dos furacões. Segundo o estudo, a conservação e restauração dos manguezais oferece formas rentáveis de mitigar e se adaptar a essas mudanças.

Continua depois da publicidade

As vantagens de se recuperar os manguezais

As analises mostram o valor econômico das florestas de mangue para a redução do risco de inundação em mais de 700.000 quilômetros em todo o mundo. Eles combinaram modelos econômicos e de engenharia para fornecer as melhores análises do risco de inundação costeira e dos benefícios dos manguezais. Seus resultados mostram quando, onde e como os manguezais reduzem as inundações. Dessa forma eles puderam identificar formas inovadoras de financiar a proteção dos manguezais usando incentivos econômicos, seguros e financiamento de risco climático.

Existem florestas de mangue em mais de 100 países em todo o mundo. Mas muitos manguezais foram perdidos para a aquicultura e desenvolvimento costeiro. No início do século XIX, vastas áreas de manguezais foram preenchidas em toda a Flórida, e foram criados empreendimentos inteiros onde outrora existiam ilhas e florestas de mangue.

A perda de florestas de mangue leva ao aumento das inundações costeiras. Mas essas florestas podem ser facilmente restauradas para tornar as pessoas e as propriedades mais seguras, mostra o estudo.

Continua depois da publicidade

Restaurando os mangues

O novo estudo valorizou rigorosamente os benefícios sociais e econômicos de proteção costeira proporcionados pelos mangues. Muitos trechos costeiros de 20 quilômetros, especialmente aqueles próximos às cidades, receberam cerca de US$ 250 milhões de dólares por ano em benefícios de proteção contra enchentes dos manguezais.

Os pesquisadores estão trabalhando com companhias de seguro, o Banco Mundial e grupos de conservação para usar esses resultados na redução de riscos e na conservação.

O estudo utilizou a abordagem da “função de danos esperados”, comumente usada nos setores de engenharia e seguros para avaliar as inundações. Modelos hidrodinâmicos foram usados para calcular a inundação que ocorre globalmente em cenários atuais e sem manchas. Ao identificar os locais onde os manguezais fornecem os maiores benefícios de redução de inundação, este estudo informa as políticas de adaptação, desenvolvimento sustentável e restauração ambiental.

Continua depois da publicidade

Fornecido por Univercidade da California – Santa Cruz 

O estudo foi publicado na Scientific Reports, clique aqui para acessá-lo.

Continua depois da publicidade
Da Redação
Publicado por

A SoCientífica, abreviação para Sociedade Científica, nasceu em agosto de 2014 da vontade de decifrar as novidades no mundo científico e transmiti-las para uma sociedade que depende da ciência e tecnologia mas que sabe muito pouco sobre elas. Em um momento em que a desconfiança está se sobressaindo e novas ondas negacionistas de evidências surgem, a SoCientífica está empenhada em ajudar a trazer iluminação para a sociedade novamente.


Populares hoje