Connect with us

Hi, what are you looking for?

Notícia

Ode a Arecibo: Icônico telescópio de Arecibo será desmontado

Arecibo foi um dos principais radiotelescópios de "caça aos aliens". (H. Schweiker/WIYN and NOAO/AURA/NSF).

Fundado em 1963 no arquipélago de Porto Rico, território dos Estados Unidos na América Central, o radiotelescópio localizado na cidade de Arecibo é bastante famoso. Ele foi o maior telescópio de prato único por décadas; somente em 2016, com a construção do radiotelescópio FAST, da China, que perdeu seu título. Enquanto o prato de Arecibo possui 305 metros de diâmetro, o FAST possui 500 metros. 

Em agosto de 2020, relatamos um problema nas estruturas do telescópio. Naquela ocasião, um dos cabos arrebentou e danificou o prato principal – um buraco de 30 metros de comprimento. Os responsáveis pensaram que o consertariam, já que acidentes ocorreram diversas vezes. Mas em 6 de novembro um segundo cabo estourou, mostrando a fragilidade da estrutura. Então este foi, aparentemente, um adeus. 

Importância do telescópio de Arecibo

Talvez não tão famoso aqui no Brasil, mas ele faz, de certa forma, parte da cultura pop, exercendo alguns papéis importantes em feitos famosos de cientistas. Um dos pontos mais importantes, talvez, seja a mensagem de Arecibo, transmitida pelo SETI ao espaço em 1974. Ela consiste em 1679 dígitos que mostram um pouco do planeta Terra. Esta imagem representa os sinais:

Continua depois da publicidade
A Mensagem de Arecibo. (Arecibo / Wikimedia Commons).

A ideia era mostrar, para alguma civilização alienígena que interceptasse a mensagem, um pouco sobre a humanidade, como o DNA, o formato do corpo humano, e outros detalhes gerais. O SETI, projeto de “caça aos aliens”, utilizava muito o Arecibo. Embora velho, com as constantes modernizações ainda exercia seu trabalho perfeitamente. 

Além da busca por vida inteligente, Arecibo buscou por asteroides que representassem perigo para a Terra, em uma grande dose de versatilidade. Por ser um radiotelescópio, ele funciona também como uma espécie de radar – e isso possui inúmeras aplicabilidades. Além disso, ele que encontrou o primeiro exoplaneta conhecido. Claro que há outras diversas contribuições, como importantes estudos na ionosfera e etc. Mas é impossível enumerar todas elas. 

Já na cultura pop, com certeza você já assistiu o filme 007 contra GoldenEye (ou apenas GoldenEye, em seu nome original), onde James Bond luta pelo controle do poderoso satélite GoldenEye. Pois então, Arecibo aparece nesse filme, principalmente em cenas do clímax. Ele também apareceu no não muito famoso mas excelente filme Contato, baseado no romance de mesmo nome, cujo autor é ninguém mais e ninguém menos do que Carl Sagan.

Devíamos chamá-lo de sacro radiotelescópio de Arecibo. 

Continua depois da publicidade

Estudos e constatações

Os problemas estruturais chegaram a um estado tão grave que consertá-lo é um grande risco de vida para os trabalhadores. O telescópio localiza-se em uma região bastante acidentada, cheia de morros, no meio de uma mata. Qualquer manutenção por ali, portanto, torna-se muito mais complicada do que o comum.

Nesta foto é possível ver um pouco dos danos. (Imagem: Observatório de Arecibo / Universidade da Flórida Central)

Com a conclusão dos engenheiros, a National Science Foundation (NSF), a agência governamental que cuida da ciência nos Estados Unidos, e dona do telescópio de Arecibo, optou por desativá-lo de uma vez. O desafio, portanto, será desmontá-lo em segurança. Os engenheiros dizem que o telescópio de Arecibo pode colapsar sobre si mesmo. 

“Mesmo as tentativas de estabilização ou teste dos cabos podem resultar na aceleração da falha catastrófica”, disse em uma coletiva de imprensa o diretor da Divisão de Ciências Astronômicas da NSF, Ralph Gaume, conforme o Science Alert.

“A liderança no Observatório de Arecibo e na UCF fez um trabalho louvável ao lidar com essa situação, agindo rapidamente e buscando todas as opções possíveis para salvar este incrível instrumento”, disse Gaume em um comunicado. “Até que essas avaliações chegassem, nossa questão não era se o observatório deveria ser consertado, mas como. Mas, no final, uma preponderância de dados mostrou que simplesmente não poderíamos fazer isso com segurança. E essa é uma linha que não podemos cruzar”.

Continua depois da publicidade

Com informações de Science News, Science Alert e National Science Foundation.

Avatar
Publicado por

É divulgador científico por paixão. Gradua-se em Física pela UFSCAR e atua principalmente na Ciencianautas e SoCientífica.


Populares hoje

Física & Química

O urânio é um elemento químico famoso pela aplicação em usinas de energia nuclear e bombas atômicas. Esse elemento radioativo tem o número atômico...

Planeta & Ambiente

Os filmes de ficção científica sempre nos fazem imaginar acerca de como seria o mundo caso um alienígena usasse seus “poderes” contra os humanos....

Plantas & Animais

Resgatar um animal é uma tarefa bastante complicada. Agora, imagine ter que salvar uma manada de uma espécie de girafa em extinção, que estão...

Notícia

Há 20 mil anos, a Terra estava passando pela mais recente de suas eras glaciais. Devido a alterações na atmosfera do planeta, enormes coberturas...