Connect with us

Hi, what are you looking for?

Planeta & Ambiente

Quantidade de calor no oceano foi maior em 2020 do que anos anteriores

Estudos mostram que os oceanos bateram records em absorção de calor n ano de 2020. (Imagem de Pexels por Pixabay)

Os oceanos absorvem uma quantidade absurda de calor que vem do sol. Contudo, conforme o efeito estufa progride, a quantidade de energia térmica no mar vai aumentando progressivamente. Desde que há registros, os anos de 2017, 2018 e 2019 foram aqueles em que o oceano absorveu mais calor. No entanto, estudos mostram que 2020 acabou de entrar para essa lista também. Pesquisadores usaram sondas aquáticas para monitorar as temperaturas das águas superficiais do oceano (até 2000 metros de profundidade)ao redor do mundo. O estudo, disponível no periódico Advances In Atmospheric Sciences, mostrou que as águas oceânicas absorveram 20 sextilhões de joules a mais do que em 2019.

Pixabay

De acordo com o estudo, aliás, a quantidade de calor no mar no ano de 2020 foi mais de 200 sextilhões de joules maior do que a média de todos os anos entre 1981 e 2010. Esses dados mostram, segundo os autores, como a temperatura global, sobretudo no mar, continua subindo drasticamente. Estudos mais conservadores, feitos posteriormente, sugeriram que o aumento teria sido de apenas 1 sextilhão de joules entre 2019 e 2020. De qualquer forma, os prejuízos ainda são difíceis de quantificar. Ademais, 2020 continua sendo o ano no qual os oceanos ao redor do mundo absorveram mais calor gerado pelo efeito estufa.

Pixabay

Derretimento de geleiras pelo calor no oceano

A quantidade de calor do oceano influencia, claro, a temperatura da água. Diversos casos de derretimentos de geleiras e desprendimentos de icebergs gigantes vêm acontecendo nas últimas décadas. Esse processo tende a ficar ainda mais intenso nos próximos anos, caso o padrão de aquecimento siga crescendo, como ocorreu em 2020. Isso pode acarretar ainda mais derretimento de gelo nos polos sul e norte, causando uma elevação drástica do nível do mar, temperatura global e perda de ecossistemas riquíssimos no mundo todo.

Mateus Marchetto
Publicado por

Aluno de Ciências Biológicas da Universidade Federal do Paraná, professor de inglês, apaixonado por ciência e divulgação científica. Me interesso principalmente pelas áreas de microbiologia, bioquímica e bioinformática.

Mundo Estranho

O jovem de 23 anos Eik Júnior Monzilar Parikokoriu precisou percorrer nove quilômetros com a ave presa à garganta até chegar num pronto-socorro.

Saúde & Bem-Estar

Os exercícios de alta intensidade de intervalos (HIIT) se tornaram populares nos últimos anos por uma série de razões. Eles não exigem tanto tempo...

Espaço

Planeta Nove? Plutão deixou de ser planeta? Descubra agora quantos e quais são planetas do Sistema Solar.

Espaço

Trouxemos uma pequena seleção das mais belas fotos da superlua que iluminou os céus esta semana. Confira agora mesmo.