Connect with us

Hi, what are you looking for?

Ciência

Cientistas russos acabam de propor uma nova tabela periódica

Cientistas russos acabam de propor uma nova forma de organizar a tabela periódica. (Imagem de vubp por Pixabay)

No ano de 1869 o estudo de química era bem diferente de hoje. Cientistas ainda não sabiam de muitas características dos átomos que conhecemos atualmente. Nesse sentido, organizar os átomos conhecidos era um desafio cada vez maior. Isso porque novas descobertas aconteciam a todo momento. Contudo, nesse mesmo ano, Dmitri Mendeleiev, um químico russo desenvolveu uma forma inovadora de organizar a matéria: a tabela periódica.

Isso aconteceu, aliás, de forma bem inusitada. O próprio Mendeleiev relatou que tinha ideias para criar uma nova organização dos átomos. Todavia, ele não conseguia visualizar uma forma para seu trabalho. Certa noite o químico se deitou para dormir e acordou com o que seria uma das maiores invenções da química. Mendeleiev acabara de sonhar com um jeito de organizar os átomos conhecidos. Logo após despertar do seu sonho, o químico fez um rascunho da primeira tabela periódica conhecida.

Contudo, a ciência está em constante mudança. Hoje, inclusive, existem diversos tipos de tabelas periódicas. Cada uma delas leva em consideração um tipo de característica dos átomos e, por esse motivo, elas são todas diferentes. Justamente por isso pesquisadores vêm tentando unificar as características da matéria em apenas uma tabela.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Nesse sentido, os pesquisadores Zahed Allahyari e Artem Oganov acabam de propor um novo modelo para a tabela periódica. Para tanto, os pesquisadores russos levaram em consideração duas grandezas dos átomos que podem ser medidas: o raio atômico e a eletronegatividade.

Nova tabela proposta. (Allahyari et al., Journal of Physical Chemistry, 2020)

A organização da nova tabela periódica

A tabela periódica de Mendeleiev se organiza em torno do número atômico de cada átomo. Ou seja, ela leva em consideração o número de prótons no núcleo do átomo. Além do mais, a tabela é dividida em grupos e famílias, levando em consideração diversas similaridades entre diversos tipos de elementos.

Allahyari e Oganov, todavia, buscaram encontrar um número batizado de Número de Mendeleiev, retirado de cada átomo. Essa ideia foi proposta a partir de diversos estudos feitos previamente, mas apenas agora ela começou a tomar forma. De qualquer forma, o número de Mendeleiev seria uma forma de classificar a semelhança entre todas as dezenas de substâncias conhecidas no universo.

)Imagem de analogicus por Pixabay)

Essa proposta pode não só organizar de forma mais satisfatória os elementos, como também pode prever compostos que podem se formar. Compostos binários, por exemplo, como o NaCl se encaixam bem na nova tabela. Ela pode indicar, inclusive, compostos binários que talvez nem sejam conhecidos ainda.

Vantagens e desvantagens

Essa nova forma de organização pode reinventar a química moderna. Isso porque a necessidade de desenvolver novos materiais é uma demanda crescente de toda a indústria mundial, principalmente quando se trata de tecnologia de ponta. Como dito antes, a nova tabela pode ajudar a prever condições nas quais podem se formar novos compostos binários. Acredita-se, aliás, que nos próximos anos esse tipo de previsão possa ser feita para qualquer tipo de composto além dos binários.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Isso pode ajudar, portanto, no desenvolvimento e descoberta de materiais mais baratos, eficientes e menos prejudiciais ao meio ambiente. Muitos recursos utilizados para o desenvolvimento de aparelhos tecnológicos, por exemplo, estão ficando mais escassos. Portanto, a nova proposta vinda da Rússia pode ser um epílogo do sonho de Mendeleiev.

Mateus Marchetto
Publicado por

Aluno de Ciências Biológicas da Universidade Federal do Paraná, professor de inglês, apaixonado por ciência e divulgação científica. Me interesso principalmente pelas áreas de microbiologia, bioquímica e bioinformática.

Notícia

Durante o desenvolvimento embrionário, os mamíferos (a maioria deles) crescem na cavidade do útero da mãe. Esse ambiente vai se dilatando e desenvolvendo ao...

Mundo Estranho

O jovem de 23 anos Eik Júnior Monzilar Parikokoriu precisou percorrer nove quilômetros com a ave presa à garganta até chegar num pronto-socorro.

Saúde & Bem-Estar

Os exercícios de alta intensidade de intervalos (HIIT) se tornaram populares nos últimos anos por uma série de razões. Eles não exigem tanto tempo...

Espaço

Planeta Nove? Plutão deixou de ser planeta? Descubra agora quantos e quais são planetas do Sistema Solar.