Connect with us

Hi, what are you looking for?

Plantas & Animais

Pesquisadores desvendam mecanismo de rejuvenescimento de embriões

Os embriões revertem o envelhecimento para se tornarem mais jovens do que quando foram criados

Todas as células do corpo estão sujeitas a envelhecer, certo? Então como a junção de óvulos e espermatozoides de pessoas adultas (já um tanto envelhecidas) pode gerar um organismo completamente jovem, com células sem o efeito da idade? Foi com essas perguntas em mente que biólogos da Universidade de Medicina de Harvard descobriram um mecanismo de rejuvenescimento em embriões humanos.

Usando machine learning e conhecimentos de epigenética, os pesquisadores puderam identificar um evento de rejuvenescimento do embrião durante a sua formação. Lembrando, a epigenética se refere a todas as moléculas que interagem com o material genético alterando sua função.

(Imagem de Colin Behrens por Pixabay )

Por meio de certas marcas epigenéticas é possível quantificar o quão envelhecida é uma célula. Assim os pesquisadores observaram que as fases de zigoto e blastocisto (os primeiros estágios do desenvolvimento) possuíam mais marcas de envelhecimento que o embrião posteriormente, sugerindo o citado rejuvenescimento da célula nesse meio-tempo durante o desenvolvimento.

Mesmo em células em culturas de laboratório, que tendem a acumular mais marcas epigenéticas devido à baixa quantidade de oxigênio e outros fatores, as células rejuvenescidas não apresentaram praticamente nenhuma indicação de envelhecimento celular.

Continua depois da publicidade

Rejuvenescimento mesmo antes de nascer

Essa redução de marcas epigenéticas do envelhecimento de certo ajuda a compreender os como um filhote não nasce já com suas células envelhecidas. Lembrando, marcas epigenéticas não estão dentro do DNA, mas sim se ligam a ele, promovendo ou bloqueando algumas funções. Essas marcas, portanto, não se transferem de pais para filhos, mas sim ativadas por sinalização celular.

Os resultados ainda são bastante preliminares, e pouco se sabe sobre o que realmente causa esse evento de rejuvenescimento após o estágio de blastocisto. Contudo, uma reversão de envelhecimento celular pode eventualmente ajudar no desenvolvimento de doenças relacionadas à idade e mesmo à epigenética de um indivíduo.

O câncer e o Alzheimer, por exemplo, possuem raízes genéticas, mas também estão profundamente relacionados à idade de um indivíduo e também ao seu ambiente. Entender como esse mecanismo funciona, portanto, pode ser essencial para tratar doenças relacionadas ao envelhecimento em sua origem mais profunda, já que o envelhecimento celular tem origem em algum ponto após a implantação do zigoto e antes da embriogênese.

Continua depois da publicidade
(Imagem de Gerd Altmann por Pixabay)

No entanto, como dito antes, os resultados são bastante preliminares, e serão necessários mais alguns anos, talvez décadas, para desvendar completamente esse mecanismo de rejuvenescimento.

O artigo está disponível no periódico bioRxiv.

Comentários

Populares hoje

Saúde & Bem-Estar

Uma empresa israelense chamada CorNeat Vision desenvolveu uma córnea sintética e permitiu a um homem de 78 anos, cego há dez anos, recuperar totalmente...

Tecnologia

Muitos especialistas em estratégia militar alertam que as guerras do futuro não serão terrestres, mas confrontos sob o signo da inteligência artificial e do...

História & Humanidade

Os sapiens não são a única espécie humana que já circulou pela Terra, embora hoje só nós estejamos vivos. Fora os sapiens, a espécie...

História & Humanidade

Nós possuímos, em nosso DNA, registros de um ancestral misterioso, que acasalou com espécies humanas há aproximadamente um milhão de anos.