Connect with us

Hi, what are you looking for?

História & Humanidade

Maconha usada em rituais é encontrada em antigo templo da era bíblica

Templo da Era bíblica
Uma seção do santuário de mais de 2.700 anos de idade em Arad, reconstruída a partir de achados arqueológicos originais para exibição no Museu de Israel, em Jerusalém, inclui dois altares, um com resíduo de incenso (à esquerda) e outro com resíduo de cannabis (à direita). (COLEÇÃO AUTORIDADE DE ANTIGUIDADES DE ISRAEL, FOTO © MUSEU DE ISRAEL, JERUSALÉM, POR LAURA LACHMAN)

Maconha e incensos foram encontrados em um templo da era bíblica em Tel Arad, no vale de Beer-sheba, Israel. Segundo escreveram os pesquisadores em um artigo publicado na revista Tel Aviv, os itens tinham fins ritualísticos.

Escavações anteriores revelaram duas fortalezas sobrepostas, datadas do século VI AEC, que guardavam a fronteira sul da Judá bíblica. Dentre as descobertas estava um santuário bem preservado, datado de 750 a 715 AEC.

Altares encontrados em templo da era bíblica em Israel
O templo e os dois altares onde foram encontrados a cannabis e o incenso. (Crédito: Coleção da Autoridade de Antiguidades de Israel, © The Israel Museum, por Laura Lachman.)

O templo da era bíblica

O santuário é composto por dois altares de pedra calcária na entrada que, segundo os pesquisadores, tinha um papel importante nas práticas de culto do santuário. Um material orgânico solidificado negro foi preservado nas superfícies dos altares. 

Análises posteriores mostraram que em um dos altares, o menor, o material era uma mistura de cannabis com esterco animal. Já o material encontrado no altar maior era composto por incenso e gordura animal.

Continua depois da publicidade
Altar maior em templo da era bíblica
Altar menor, onde foi encontrado uma mistura de incenso e gordura animal. (Crédito: Coleção da Autoridade de Antiguidades de Israel, © The Israel Museum, por Laura Lachman.)
Altar menor encontrado em templo da era bíblica
Altar menor, onde foi encontrado uma mistura de cannabis e esterco animal. (Crédito: Coleção da Autoridade de Antiguidades de Israel, © The Israel Museum, por Laura Lachman.)

Essas descobertas únicas lançam uma nova luz sobre as práticas de culto na Judá bíblica, sugerindo que a maconha foi usada aqui como um psicoativo deliberado, para estimular o ecstasy como parte das cerimônias cultuais.

LEIA TAMBÉM: Câmaras secretas descobertas abaixo do Muro das Lamentações em Israel

Segundo os autores esta é a primeira vez que a maconha é identificada no antigo Oriente e seu uso no santuário deve ter “desempenhado um papel central nos rituais cultuais realizados lá.

Judá no comércio do sul da Arábia

Os pesquisadores suspeitas a cannabis foi cultivadas longe de Israel, no que é hoje a China ou no sudeste da Rússia. O conhecimento da maconha, provavelmente se espalhou do leste e do centro da Ásia para a Europa nas primeiras rotas comerciais da Rota da Seda.

Continua depois da publicidade
Local onde foi encontrado o templo da era bíblica
Vista aérea da cidade cananeia onde o templo foi descoberto. (Crédito: Getty Images)

O incenso encontrado no templo é originário da Arábia. A presença de incenso no santuário indica a participação de Judá no comércio do sul da Arábia, mesmo antes do patrocínio e encorajamento do império assírio. 

Esta é a evidência mais antiga de incenso em um contexto ritualístico. O incenso é mencionado como um componente do incenso que foi queimado no templo de Jerusalém por seu aroma agradável.

O estudo foi publicado na revista Tel Aviv, clique aqui para acessá-lo na íntegra.

Continua depois da publicidade
Avatar
Publicado por


Populares hoje

Plantas & Animais

Novos estudos mostram que as tarântulas habitam o planeta por mais de 120 milhões de anos.

Notícia

Os hominídeos Homo antecessor são parentes bem antigos dos Homo sapiens. Esses humanos ancestrais habitavam vastas regiões da Europa entre 1,2 milhões e 800...

Ciência

Na Paleontologia, encontrar novas peças que pertenceram a milhões de anos atrás é um dos principais objetos de estudo. No entanto, durante uma expedição...

Plantas & Animais

Um estegossauro era um tanque de guerra feito de carne e ossos. Assim como outros grupos de dinossauros com armaduras naturais, os estegossauros possuíam...