Connect with us

Hi, what are you looking for?

Plantas & Animais

Lesmas do mar carregam uma “fábrica de armas” bacterianas

Pesquisadores descobriram uma lesma do mar que adquire produtos químicos e bactérias ao consumir algas.

Delicada, mas perigosa, a lesma-do-mar Elysia Rufescens devora algas marinhas, absorve suas substâncias tóxicas defensivas e as utiliza para se proteger de seus predadores.

Pesquisadores da Princenton University descobriram uma relação no mínimo curiosa entre o molusco, as algas e as bactérias. A espécie bacteriana Candidatus Endobryopsis kahalalidefaciens produz cerca de 15 toxinas diferentes, dessas substancias uma foi avaliada como um possível fármaco para tratamento do câncer – mas não são capazes de sobreviver em outro ambiente senão nas algas, então liberam substâncias tóxicas que impedem que as plantas marinhas sejam devoradas por predadores, exceto pela E. rufescens, que é imune a essas toxinas.

A lesma não somente é resistente às toxinas, como também é capaz de armazenar o veneno produzindo um arsenal químico até dez vezes mais potente que aquele presente nos argaços.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

LEIA TAMBÉM: Peixes podem sobreviver após serem engolidos inteiros por aves.

Mas não para por aí, a Elysia pertence a uma família de “lesmas movidas a energia solar”, que recebem esse nome porque sequestram, juntamente com os produtos químicos defensivos, a maquinaria fotossintética produtora de energia das algas, tornando-os alguns dos poucos animais no mundo que criam seus próprios nutrientes a partir da luz solar.

FONTE: Sea slugs use algae’s bacterial ‘weapons factory’ in three-way symbiotic relationship [Princenton University]

Publicidade. A leitura continua abaixo.
Damares Alves
Publicado por

Apaixonada pela natureza, me tornei redatora e hoje escrevo exclusivamente sobre ciência. Meu objetivo é que todos possam ter acesso a pesquisas importantes e descobertas incríveis que são realizadas todos os dias.

Faça um comentário

Mundo Estranho

O jovem de 23 anos Eik Júnior Monzilar Parikokoriu precisou percorrer nove quilômetros com a ave presa à garganta até chegar num pronto-socorro.

Saúde & Bem-Estar

Os exercícios de alta intensidade de intervalos (HIIT) se tornaram populares nos últimos anos por uma série de razões. Eles não exigem tanto tempo...

Espaço

Planeta Nove? Plutão deixou de ser planeta? Descubra agora quantos e quais são planetas do Sistema Solar.

Espaço

Trouxemos uma pequena seleção das mais belas fotos da superlua que iluminou os céus esta semana. Confira agora mesmo.