Connect with us

Hi, what are you looking for?

Tecnologia

IA inovadora pode sintetizar a fala com base na atividade cerebral de uma pessoa

Um passo futuro envolverá a realização de ensaios clínicos para testar a tecnologia em pacientes que são fisicamente incapazes de falar.

O trabalho começou com pesquisadores que estudam cinco voluntários com epilepsia grave. Esses voluntários tinham eletrodos colocados temporariamente na superfície de seus cérebros para localizar a parte do cérebro responsável pelo desencadeamento das convulsões.

Como parte deste trabalho, a equipe também foi capaz de estudar a maneira como o cérebro responde quando uma pessoa está falando. Isso incluiu analisar os sinais cerebrais que se traduzem em movimentos do trato vocal, que incluem a mandíbula, laringe, lábios e língua. Uma rede neural artificial foi então usada para decodificar essa intencionalidade, que por sua vez foi usada para gerar uma fala sintetizada e compreensível.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Embora ainda esteja em um estágio relativamente inicial, a esperança é que esse trabalho abra algumas possibilidades interessantes. Um passo futuro envolverá a realização de ensaios clínicos para testar a tecnologia em pacientes que são fisicamente incapazes de falar (o que não foi o caso com esta demonstração). Também será necessário desenvolver um dispositivo de eletrodo com o tipo de alta capacidade de canal (256 canais neste último estudo) necessário para capturar o nível necessário de atividade cerebral.

Um projeto similar, realizado por pesquisadores no Japão , foi capaz de analisar imagens cerebrais de ressonância magnética funcional e gerar uma descrição escrita do que a pessoa estava vendo – como “um cachorro está sentado no chão em frente a uma porta aberta” ou “um grupo de pessoas em pé na praia.” À medida que essa tecnologia amadurece, mais e mais exemplos de trabalhos inovadores semelhantes surgirão.

Um artigo descrevendo o trabalho, intitulado Speech Synthesis From Neural Decoding of Spoken Sentences, foi publicado na revista Nature.

Publicidade. A leitura continua abaixo.
Redação
Publicado por

A SoCientífica, abreviação para Sociedade Científica, nasceu em agosto de 2014 da vontade de decifrar as novidades no mundo científico e transmiti-las para uma sociedade que depende da ciência e tecnologia mas que sabe muito pouco sobre elas. Em um momento em que a desconfiança está se sobressaindo e novas ondas negacionistas de evidências surgem, a SoCientífica está empenhada em ajudar a trazer iluminação para a sociedade novamente.

Faça um comentário

Mundo Estranho

O jovem de 23 anos Eik Júnior Monzilar Parikokoriu precisou percorrer nove quilômetros com a ave presa à garganta até chegar num pronto-socorro.

Saúde & Bem-Estar

Os exercícios de alta intensidade de intervalos (HIIT) se tornaram populares nos últimos anos por uma série de razões. Eles não exigem tanto tempo...

Espaço

Planeta Nove? Plutão deixou de ser planeta? Descubra agora quantos e quais são planetas do Sistema Solar.

Espaço

Trouxemos uma pequena seleção das mais belas fotos da superlua que iluminou os céus esta semana. Confira agora mesmo.