Connect with us

Hi, what are you looking for?

Pets

Gatos conseguem entender seus próprios nomes, mostra estudo

Cientistas japoneses demonstraram com sucesso que os gats provavelmente entendem quando seus donos os chamam pelos nomes. (Imagem de Алексей Боярских por Pixabay)

Os seres humanos gostam de dar nomes às coisas. Isso nos ajuda a organizar as informações que estão à nossa volta. Esse comportamento se estende também aos nossos animais domésticos. Muitos estudos já demonstraram que os cães podem entender seus nomes próprios e responder a eles. Contudo, os gatos domésticos ainda são um terreno desconhecido nesse sentido, pelo menos até recentemente. Acontece que cientistas japoneses demonstraram que gatos podem entender seus nomes quando chamados por seus donos.

(Imagem de Kessa por Pixabay)

Para avaliar isso, os pesquisadores pediram aos donos que chamassem seus gatinhos por quatro nomes diferentes. Esses nomes tinham um número parecido de sílabas, o que ajudou a testar mais especificamente os nomes dos bichinhos. Após alguns tempo, os cientistas notaram que os animais perdiam o interesse pelos nomes que não eram os seus próprios. Por outro lado, quando chamados pelo nome certo, os felinos responderam corporalmente. Ou seja, os animais movimentaram as orelhas, o rabo e a cabeça de forma diferente.

O estudo ainda é um dos poucos que avaliam o comportamento dos gatos. Como dito antes, a maioria das pesquisas é focada nas relações entre humanos e cães. Contudo, os gatos fazem parte da história humana tanto quanto os cães, mas de forma diferente.

Como os gatos viraram pets

Os acampamentos e habitações humanas produziam muitos resíduos já há milhares de anos. Conforme as comunidades humanas foram se estabelecendo, o estoque de grãos e o descarte de restos ficou cada vez mais comum. Acontece que essas habitações atraíam muitos roedores que acabavam se alimentando de trigo, cevada ou feijão. Os gatos perceberam a oportunidade e começaram a ficar cada vez mais próximos dos humanos. Dessa forma, as comunidades também perceberam as vantagens dos felinos para controlar as pragas de roedores.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

No entanto, se você tem um felino como pet, deve saber que eles são realmente independentes. Ou seja, é muito mais difícil de manter o animal em ambientes fechados, por exemplo. Justamente por isso a domesticação dos gatos foi diferente da dos cães. Isso possibilitou que esses animas evoluíssem sua percepção aos humanos de forma diferente. Por isso parece que os gatos simplesmente ignoram seus donos na maior parte do tempo. Apesar disso, a linguagem corporal dos bichinhos pode dizer o contrário.

A pesquisa nos Cat cafés

Cat cafés são restaurantes temáticos japoneses. Nesses lugares os clientes podem interagir com dezenas de gatos que são moradores do lugar, após tomar um café, por exemplo. Sabendo disso, os pesquisadores avaliaram a resposta do mesmo estudo para gatos domésticos e habitantes dos cat cafés. O resultado, por conseguinte, foi que os animais domésticos mostraram mais identificação com os seus nomes do que aqueles dos estabelecimentos comerciais.

(Imagem de Free-Photos por Pixabay)

Além do mais, o resultado foi que 79% dos bichanos avaliados mostraram uma resposta significativa ao seu próprio nome. Esse número pode ser o primeiro passo para entender como realmente os gatos se relacionam com seus donos. Além da personalidade forte, para dizer o mínimo, os gatos podem, portanto, ter muitas outras facetas comportamentais.

O estudo científico foi publicado no periódico Scientific Reports.

Publicidade. A leitura continua abaixo.
Mateus Marchetto
Publicado por

Aluno de Ciências Biológicas da Universidade Federal do Paraná, professor de inglês, apaixonado por ciência e divulgação científica. Me interesso principalmente pelas áreas de microbiologia, bioquímica e bioinformática.

Mente & Cérebro

Os corvos são considerados modelos de cognição em psicologia animal, e são uma das mais fortes evidências de que a consciência é um fenômeno...

Plantas & Animais

No oceano, no meio dos corais, você pode encontrar esse estranho organismo. Embora muitas vezes se pareça com uma pedra circular esverdeada e brilhante,...

Plantas & Animais

Cientistas descreveram, em um estudo publicado no Journal of Mammalian Evolution, uma nova espécie gigante de um dente-de-sabre, Machairodus lahayishupup, que teria vivido na América do...

Plantas & Animais

Um novo estudo mostrou que os tubarões, assim com as aves, se orientam pelo campo magnético da Terra para realizar migrações de longa distância.