Connect with us

Hi, what are you looking for?

Plantas & Animais

Gangue de orcas atacou uma baleia-jubarte por 4 horas seguidas; vídeo

Uma das orcas atacando a baleia-jubarte. (Whale Watch Western Australia)

Observadores de baleias avistaram uma cena rara na Austrália. Dois grupos de orcas se uniram e atacaram uma jovem baleia jubarte. A baleia-jubarte macho, de 2 a 3 anos de idade, sobreviveu ao ataque, embora tenha perdido sua nadadeira dorsal.

Gemma Sharp, co-proprietária da Australia Whale Watcher, que esteve presente no local durante o ataque em 17 de fevereiro de 2021, disse ao jornal Sydney Morning Herald que sabia que estava testemunhando algo significativo. A gangue de orcas estava em modo de ataque total e a baleia-jubarte tentava desesperadamente se proteger.

Os ataques à baleia-jubarte

As orcas tentavam repetidamente agarrar a barbatana dorsal da baleia para virará-la e afogá-la, uma tática comum usadas pelas orcas.

Continua depois da publicidade

De acordo com Gemma Sharp, a tática de revirar e afogar geralmente funciona em filhotes de baleias, mas a jovem baleia era muito forte e grande para as orcas movê-la. A baleia foi rapidamente em direção ao barco dos observadores, protegendo-se sob ele por quase uma hora.

Um grupo de orcas esperou cerca de 300 metros de distância do barco até que a jubarte decidisse decolar. Uma delas, com aproximadamente 8.980 kg, apelidada de El Notcho pelos observadores de baleias da região por ser a maior orca, tentou afundar a jubarte e quebrar sua mandíbula.

Após as orcas desistirem, a baleia disparou em direção à costa.

Continua depois da publicidade

Sharp disse que eles pegaram sua nadadeira dorsal, mas nada aconteceu com as barbatanas da cauda e peitorais, o que é importante. É sempre uma preocupação real se elas exalam sangue, mas não houve nada disso. A tripulação de observação de baleias gravou o ataque em vídeo, o primeiro de um ataque desse tipo em Bermer Bay, na Austrália Ocidental, disse Sharp.

Outros casos

As baleias assassinas são conhecidas por seus comportamentos às vezes violentos e suas interações com outros animais dentro da água. Em 2018, um fotógrafo fez uma filmagem única de um grupo de orcas frustrando (ou brincando, dependendo da maneira como você vê) tartarugas marinhas nas Ilhas Galápagos.

Continua depois da publicidade

As orcas estavam basicamente tratando as tartarugas como brinquedos de piscina, arrastando-as como uma forma de entretenimento. Em outro caso, desta vez em 2016, um grupo de orcas perto da península Antártica cercou uma foca solitária em um manto de gelo. Felizmente para a foca solitária, duas baleias-jubarte vieram ao resgate, salvando a foca Weddell de se tornar jantar de orca.

Com informações de Live Science e Sydney Morning Herald.

Continua depois da publicidade
Élisson Amboni
Publicado por

Fundador da Sociedade Científica, escreve e traduz para o site sobre vários temas que lhe dão ímpeto. Você pode encontrá-lo no Twitter clicando aqui.

Comentários

Populares hoje

Mente & Cérebro

Pela primeira vez, pesquisadores conseguiram estudar o momento em que a morte cerebral se torna irreversível no corpo humano, observando o fenômeno em vários...

Plantas & Animais

No fim da década passada, em 2007, cientistas russos, húngaros e norte-americanos recuperaram sementes congeladas de Silene stenophylla, enquanto avaliavam aproximadamente 70 antigas tocas...

Mundo Estranho

Esta semana moradores da cidade de Cracóvia, na Polônia teriam se trancado em casa assustados com uma ‘criatura aterrorizante’ que estaria escondida nas árvores perto...

História & Humanidade

100.000 anos atrás, um grupo de 36 neandertais caminhou ao longo de uma praia no sul da Espanha. Durante a caminhada, vários indivíduos deixaram...