Connect with us

Hi, what are you looking for?

História & Humanidade

Enorme complexo de templos é descoberto em forte na Irlanda do Norte

forte-na-irlanda-do-norte
Aqui o Forte Navan visto do alto. Foto: O'Driscoll, J. et al. Oxford Journal of Archaeology.

Templos monumentais da Idade do Ferro e edifícios medievais podem estar escondidos em um forte na Irlanda do Norte. Porém, até o momento os historiadores ainda não sabem o que pode ser encontrado nas ruínas do Forte Navan, um enorme sítio arqueológico. As estruturas foram encontradas por meio de técnicas sensoriais, que detectam anomalias.

O Forte Navan está localizado aos arredores da cidade de Armagh, antiga capital da província de Ulster, conforme indicam textos medievais na Irlanda pré-cristã. Além disso, é uma região cercada por vários mitos irlandeses.

Outro detalhe é que desde a década de 1960 a área é reconhecida como um local religioso, usado pela elite desde o fim da Idade do Bronze e da Idade do Ferro, entre 1000 a.C e 400 d.C.

Continua depois da publicidade

Forte na Irlanda do Norte já foi estudado antes

As novas descobertas indicam que essa estrutura servia como um ambiente para a realização de cerimônias religiosas. As estruturas foram encontradas com uma espécie de sensoriamento remoto, que usa milhões de lasers disparados de uma aeronave para mapear o solo. É a fotogrametria, palavra complicada e que usa fotos aéreas para destacar a profundidade e a perspectiva das estruturas abaixo do solo.

templo-na-irlanda-do-norte2
Essa é uma imagem aérea, com a tecnologia fotogrametria. Imagem: © O’Driscoll, J. et al. Oxford Journal of Archaeology.

Antes disso, nas décadas de 1960 e 1990 foram realizadas escavações na região, mostrando construções que remontam o começo da Idade do Ferro e incluem “uma série do que é chamado de edifícios em figura de oito, bem como o maior edifício já escavado na Irlanda pré-histórica”, comentou o co-pesquisador Patrick Gleeson, professor de arqueologia da Queen’s University Belfast, na Irlanda do Norte.

Desde que o local foi descoberto, foram comuns discussões sobre a serventia do forte na Irlanda do Norte. De acordo com fontes medievais, os antigos reis de Ulster, que governaram entre os século V e XIII viviam lá, fazendo deste espaço um ambiente residencial. Agora, a descoberta feita por Gleeson e seus colegas mostra que o complexo é muito maior do que o imaginado.

Os edifícios estão localizados dentro de um gabinete circular, com cerca de 140 metros de diâmetro, são compartimentos que se cruzam, formando uma figura semelhante ao número oito. Assim, estão entre as maiores estruturas construídas durante a pré-história e inclusive a era pré-romana no norte da Europa. Segundo Gleeson, a repetição da figura oito pode ter algum significado cósmico.

Continua depois da publicidade

Forte Navan ainda guarda diversos segredos

Durante a Idade do Ferro provavelmente as pessoas construíram e destruíram templos nesta região, de maneira contínua. Conforme Gleeson, as atividades humanas permaneceram no Forte Navan após este período. Além disso, a equipe identificou outro complexo que provavelmente trata-se dos primeiros templos medievais.

Gleeson acredita que o Forte Navan tenha sido utilizado como residência real porque já contava com estruturas religiosas. “Anteriormente, pensava-se que era uma residência real na pré-história e realmente não tinha esse elemento de culto. Então, isso está realmente mudando a maneira como olhamos para o Forte Navan”, comentou.

A expectativa para o futuro é de um financiamento, que permite a realização de escavações na Irlanda do Norte. Por enquanto, tudo fica somente na imaginação e nas projeções geradas pelo estudo.

Continua depois da publicidade

A pesquisa foi publicada no Oxford Journal of Archaeology. Com informações de Live Science.

Erik Behenck
Publicado por

Erik Behenck é jornalista, adora novas descobertas e apaixonado pela escrita.


Populares hoje