Connect with us

Hi, what are you looking for?

Saúde & Bem-Estar

Dieta do ovo cozido: realmente funciona para perda de peso?

Dieta do ovo cozido realmente funciona?

São muitas as dietas que prometem resultados incríveis em pouquíssimo tempo, uma muito conhecida é dieta do ovo cozido. Ela é uma dieta popular da moda e que promete uma rápida perda de peso. Mas ela realmente funciona? De que forma ela pode impactar nosso organismo?

Basicamente, a dieta consiste em comer várias porções de ovos cozidos por dia. Outras proteínas magras também devem ser inclusas no planos alimentar, além de vegetais não ricos em amido e frutas com baixo teor de carboidratos.

O que é a dieta do ovo cozido?

Publicada em 2018 como forma de plano alimentar em um livro da nutricionista Arielle Chandler, a dieta possui muitas variações. Mas de acordo com sua criadora, esse padrão alimentar com baixo teor de carboidratos e calorias poderia te ajudar a perder até 11 kg em apenas 2 semanas.

Continua depois da publicidade

O livro oferece um plano de refeições estruturado, receitas e alimentos para comer e evitar. Ele facilita a adaptação da dieta aos seus gostos e preferências específicos.

Alimentos presentes na dieta

A dieta permite alguns alimentos específicos e bane outros do plano alimentar, além disso, não permite lanches entre uma refeição e outra.

A dieta do ovo cozido envolve comer várias porções de ovos cozidos por dia, juntamente com outras proteínas magras, vegetais não ricos em amido e frutas com baixo teor de carboidratos.
A dieta do ovo cozido envolve comer várias porções de ovos cozidos por dia, juntamente com outras proteínas magras, vegetais não ricos em amido e frutas com baixo teor de carboidratos. (Imagem: Karolina Grabowska / Pexels

Segundo o plano alimentar proposto por Arielle Chandler, pela manhã você deve comer dois ovos, uma pequena porção de vegetais sem amidos, como espinafre, cenouras ou tomate, além de uma fruta com baixo teor de carboidratos, como um abacate ou uma melancia, por exemplo.

Já almoço e jantar devem ser compostos por vegetais sem amido e ovos ou outro tipo de proteína magra, como frango ou peixe.

Continua depois da publicidade

A dieta também limita ingredientes não saudáveis, como bebidas açucaradas e alimentos processados. A ingestão destes alimentos pode estar associada a um maior risco de obesidade, doenças cardíacas e câncer.

A nutricionista ressalta que a dieta só deve ser seguida por algumas semanas por vez. Depois disso, ela recomenta um período de transição para ajudar você a voltar a uma dieta regular.

A dieta do ovo realmente funciona?

Por consistir principalmente em alimentos de baixa caloria, como ovos, vegetais não ricos em amido e frutas com baixo teor de carboidratos, ela de fato levará a um déficit calórico, o que é essencial para a perda de peso. Além disso, a dieta do ovo cozido é pobre em carboidratos o que, segundo uma revisão de 12 estudos publicada na revista PLOS One, aumenta significativamente a perda de peso e melhora vários outros fatores de risco para doenças cardíacas, como pressão arterial.

Continua depois da publicidade

Um outro estudo com 164 voluntários mostrou que uma dieta pobre em carboidratos mantida por 20 semanas pode ser muito benéfica. Isso acontece porque ela é capaz de aumentar significativamente o metabolismo, além de diminuir consideravelmente os níveis do hormônio da fome, a grelina.

A dieta do ovo cozido consiste em alimento de baixo teor calórico, o que é essencial para a perda de peso. (Imagem: Ketut Subiyanto / Pexels)
A dieta do ovo cozido consiste em alimento de baixo teor calórico, o que é essencial para a perda de peso. (Imagem: Ketut Subiyanto / Pexels)

Embora a dieta realmente possa levar a uma grande perda de peso em um curto período de tempo, você pode recuperar o peso perdido depois de retomar uma dieta normal.

Muita restrição e pouca variedade

A dieta do ovo é extremamente restritiva e permite pouquíssima variedade de alimentos, o que dificulta que você possa atender a todas as suas necessidades nutricionais. Ela bane completamente os alimentos ricos em amido, e dentro desta categoria estão os grãos integrais que são ricos em fibras, vitaminas e minerais. Outro alimento rico em amido, e portanto proibido na dieta, são as batatas, que são uma excelente fonte de vitamina C, potássio e magnésio.

Outro problema é a enorme restrição calórica que a dieta oferece, que pode causar efeitos colaterais graves, como a baixos níveis de energia, função imunológica comprometida, diminuição da densidade óssea e distúrbios menstruais.

Continua depois da publicidade

Embora os ovos sejam vistos historicamente como vilões devido ao colesterol, um estudo publicado em 2018 na revista Nutrients, mostrou ingestão de ovos afeta minimamente os níveis de colesterol no sangue.

Com informações de Healthline e The Conversation.

Continua depois da publicidade

Populares hoje

Saúde & Bem-Estar

Uma empresa israelense chamada CorNeat Vision desenvolveu uma córnea sintética e permitiu a um homem de 78 anos, cego há dez anos, recuperar totalmente...

Tecnologia

Muitos especialistas em estratégia militar alertam que as guerras do futuro não serão terrestres, mas confrontos sob o signo da inteligência artificial e do...

História & Humanidade

Os sapiens não são a única espécie humana que já circulou pela Terra, embora hoje só nós estejamos vivos. Fora os sapiens, a espécie...

História & Humanidade

Nós possuímos, em nosso DNA, registros de um ancestral misterioso, que acasalou com espécies humanas há aproximadamente um milhão de anos.