Connect with us

Hi, what are you looking for?

Plantas & Animais

Criatura misteriosa foi avistada em rio na Espanha

(Imagem/Reprodução: EL País)

Uma criatura do porte de um crocodilo do Nilo de 250 quilos foi avistada por quatro pessoas diferentes no rio Douro, na Espanha. Desde então, biólogos e agentes públicos vêm investigando os relatos e as evidências em busca de confirmação do que as testemunhas viram.

Fernando Gómez, especialista em animais silvestres que faz parte da equipe de investigação, disse em uma conferência de imprensa oferecida pelo rio que a falta de evidências sólidas “não significa que não haja algo” no rio. O Serviço de Proteção à Natureza (Seprona), da Guarda Civil está encarregado da investigação.

Além de pessoal, drones e outras tecnologias também auxiliam as buscas.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Acreditado, primariamente, ser um crocodilo, os investigadores não descartam que possam ser outro animal, como uma lontra. Restos de peixes encontrados no rio indicam que o animal está se alimentando, e as evidências podem indicar que seja o segundo animal. Mas os envolvidos não estão convencidos e trabalham com a hipótese de ser um grande crocodilo do Nilo. Caso seja comprovado, pessoas e animais da região podem estar em risco, já que esse tipo crocodilo é bastante agressivo.

As autoridades pediram a ajuda de biólogos e especialistas em grandes répteis. 

LEIA TAMBÉM: Há 210 milhões de anos, crocodilos gigantes caçavam até dinossauros

Publicidade. A leitura continua abaixo.
Um crocodilo do Nilo. (Imagem: Wikimedia)

Por que se pensa ser um crocodilo?

Além dos relatos de crianças e moradores adultos, o policial que chegou para atender as denúncias insiste que viu um crocodilo emergir dos juncos e nadar na água do rio.

Logo após o evento, que segundo ele lhe tirou o sono à noite, ele forçou alguns pescadores próximos a sair do rio, embora sem lhes dizer o motivo, para não causar pânico. “Parecia uma pessoa nadando de costas”, ele disse ao EL País.

Devido ao policial ser uma autoridade e um animal do porte oferecer risco à população local, a possibilidade de ser um crocodilo não será descartada tão rapidamente.

Talvez não seja um crocodilo

Francisco Javier García, membro do Grupo de Monitoramento da Biodiversidade da Universidade Complutense, também acredita que é “muito fácil confundir uma lontra com esse réptil, porque ele se move pela água com um movimento ondulado e com os olhos e o nariz para fora”. Francisco trabalhou com os crocodilos em seus habitats naturais, na África.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Um crocodilo de 250 quilos deixaria ao menos pegadas muito reconhecíveis nas beiras dos rios, já que esses animais são conhecidos por pegarem sol durante do dia. Mas a temperatura fria da região não colabora muito com sua estadia no local.

Uma lontra. (Imagem: Bays Mountain Park & Planetarium)

A temperatura fria da água do rio no planalto norte também não funciona a favor do animal. A hipótese trabalhada é de que o espécime escapou de algum lugar próximo ao rio, já que é improvável que tenha viajado até ali.

“Que alguém o tenha levado até lá é ainda mais complicado, não é nada fácil lidar com um crocodilo de mais de 200 quilos”, ironizou Francisco.

Por enquanto, a identidade do animal ou a realidade de sua existência permanece um mistério.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

LEIA TAMBÉM: Tubarão de duas cabeças bizarro cresceu em laboratório na Espanha

Avatar
Publicado por

Tradutor e escritor freelancer, é divulgador científico na SoCientífica desde 2018. Nela, escreve sobre temas que dão faísca à imaginação do leitor, de tubarões e fantasmas a quasares.

Tecnologia

Cientistas estão trabalhando em um novo tipo de propulsão hipersônica que poderia permitir aviões voarem a mais de 20.000 km/h (Mach 17).

Plantas & Animais

Minúsculas criaturas, os rotíferos bdelóides, ficaram congelados no permafrost por 24.000 anos e foram recentemente trazidos de volta à vida, produzindo clones em um...

Sociedade & Cultura

O povo Tsimane é uma tribo indígena amplamente isolada que vive na Amazônia boliviana.  Estas pessoas levam uma vida muito diferente da nossa. E eles...

Notícia

Por muitos anos, a ecolocalização humana tem sido uma forma de percepção para pessoas que perderam a visão. Apesar disso, poucas pesquisas reforçavam essa...