Connect with us

Hi, what are you looking for?

Referência

Como diferenciar estrelas, planetas e satélites no céu?

planetas, estrelas e satélites
Foto: Atik sulianami/ Unsplash

Um grande problema para os astrônomos amadores é diferenciar estrelas, planetas e satélites. Neste artigo, nós vamos aprender como identificar esses corpos celestes.

Luz e posicionamento de estrelas e planetas

Os planetas visíveis estão dentro do nosso Sistema Solar. Apesar de não possuir luz própria, conseguimos enxergá-los porque os planetas refletem a luz do sol. À olho nu, você pode ver Vênus, Mercúrio, Marte, Júpiter e Saturno.

As Estrelas, por outro lado, emitem sua própria luz. Porém, elas estão ainda mais distantes da Terra do que do que os planetas. Como consequência, a intensidade da luz que chega à nossa atmosfera não é tão grande quanto a de um dos planetas. Além disso, como a luz de uma estrela não é tão forte, nossa atmosfera a dispersa facilmente, criando um efeito cintilante.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

LEIA TAMBÉM: O que é a gravidade?

Diferentemente dos planetas, as estrelas permanecem relativamente inalteradas; elas apenas se elevam e se põem, a cada noite. Os planetas, por outro lado, se movimentam. Não é à toa que o nome deles vem de sua natureza sempre em movimento. A palavra grega “planeta” significa andarilho. Sendo assim, se você observar o céu por pelo menos dois dias, perceberá que as estrelas permanecem na mesma posição, enquanto os planetas se moveram.

A movimentação rápida dos satélites

Os satélites – os feitos pelo homem – são visíveis a olho nu. Isso ocorre porque eles também refletem a luz do Sol. Contudo, como a altitude da maioria dos que podemos ver é bastante baixa, algo em torno de mil quilômetros, os satélites refletem a luz do astro, mas apenas por um curto período de tempo, após o pôr-do-sol ou antes do nascer do sol. Dessa forma, dependendo da altitude, pode durar apenas uma hora.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Como você deve saber, os satélites estão orbitando a Terra e os que estão abaixo de mil quilômetros de altitude estão se movendo muito rápido no céu – normalmente eles podem se mover de horizonte em horizonte dentro de quinze a vinte minutos. A Estação Espacial Internacional, por exemplo, é do tamanho de um campo de futebol e também o “satélite” mais brilhante que pode ser visto por nós. 

LEIA TAMBÉM: Estrela orbitando um buraco negro confirma previsão de Einstein

Existem milhares de satélites orbitando a Terra. Alguns ainda estão ativos, enquanto outros já cumpriram suas missões. A maioria deles brilha bastante, mas se move muito rápido, tanto que pode ser confundido com as luzes de um avião. Sendo assim, se as luzes piscarem em intervalos regulares, certamente trata-se de uma aeronave.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

O vídeo abaixo explica como os satélites se mantem em órbita:

Resumindo as diferenças entre estrelas, planetas e satélites

Para facilitar o entendimento, destacamos as principais diferenças entre planetas, estrelas e satélites. Confira a tabela:

CaracterísticaPlanetaEstrelaSatélite
LuzReflete a luz do SolEmite luz própriaTambém reflete a luz do Sol
MovimentoEstá em movimentoPossui posicionamento fixoMovimenta-se rapidamente
Distância (em relação a nossa perspectiva)Estão mais próximos que as estrelasMais distantes que planetas e satélitesMais próximos que estrelas e planetas
Publicidade. A leitura continua abaixo.
Adriana Tinoco
Publicado por

Adriana Tinoco de Vasconcelos, a.k.a Dri Tinoco, é graduada em Letras pela UERJ e atua como redatora web, revisora de textos, podcaster e youtuber.

Tecnologia

Cientistas estão trabalhando em um novo tipo de propulsão hipersônica que poderia permitir aviões voarem a mais de 20.000 km/h (Mach 17).

Plantas & Animais

Minúsculas criaturas, os rotíferos bdelóides, ficaram congelados no permafrost por 24.000 anos e foram recentemente trazidos de volta à vida, produzindo clones em um...

Notícia

Por muitos anos, a ecolocalização humana tem sido uma forma de percepção para pessoas que perderam a visão. Apesar disso, poucas pesquisas reforçavam essa...

Plantas & Animais

Raças menores de cães geralmente apresentam comportamentos mais instáveis. Pode haver, portanto, diversos motivos para cachorros pequenos serem ferozes.