Connect with us

Hi, what are you looking for?

Saúde & Bem-Estar

Cientistas curaram ratos alcoólatras disparando lasers em seus cérebros

Cientistas explodiram neurônios em seus cérebros com raios laser.

Cientistas da Scripps Research dizem que descobriram uma maneira de reverter a dependência de ratos ao álcool, explodindo neurônios em seus cérebros com raios laser – uma mudança que eles compararam ao “toque de um interruptor”.

“O que é tão empolgante nessas descobertas é que conseguimos controlar a motivação para beber álcool em indivíduos severamente dependentes com o toque de um interruptor”, disse o professor da Scripps, Olivier George, à Digital Trends.

“Ao implantar fibras ópticas no cérebro e ligar um laser que inibe especificamente esses neurônios, poderíamos diminuir drasticamente o consumo de álcool e os sintomas físicos de abstinência”.

Continua depois da publicidade

Por enquanto, não podemos ficar muito animados com um novo tratamento humano imediatamente decorrente da pesquisa, que foi publicada recentemente na revista Nature Communications.

Embora os pesquisadores do Scripps estejam esperançosos sobre o futuro do trabalho, eles alertaram que isso pode levar décadas até que a tecnologia esteja pronta para testes em pessoas.

“Este trabalho requer o uso de tecnologias de ponta que não são aprovadas para uso humano, então pode levar de 15 a 30 anos para vermos alcoólatras com implantes cerebrais que os ajudem a controlar seu desejo”, disse George à Digital Trends. [Futurism]

Continua depois da publicidade
Comentários

Populares hoje

Saúde & Bem-Estar

Uma empresa israelense chamada CorNeat Vision desenvolveu uma córnea sintética e permitiu a um homem de 78 anos, cego há dez anos, recuperar totalmente...

Tecnologia

Muitos especialistas em estratégia militar alertam que as guerras do futuro não serão terrestres, mas confrontos sob o signo da inteligência artificial e do...

História & Humanidade

Os sapiens não são a única espécie humana que já circulou pela Terra, embora hoje só nós estejamos vivos. Fora os sapiens, a espécie...

História & Humanidade

Nós possuímos, em nosso DNA, registros de um ancestral misterioso, que acasalou com espécies humanas há aproximadamente um milhão de anos.