Connect with us

Hi, what are you looking for?

Espaço

Buraco negro supermassivo é descoberto se movendo

iStock

Astrônomos detectaram um buraco negro supermassivo se movendo em sua própria galáxia. A descoberta foi divulgada na revista The Astrophysical Journal.

Sabemos que quase todas as grandes galáxias abrigam um buraco negro supermassivo. Até agora, pensávamos que esses monstros cósmicos eram relativamente estacionários, com toda a galáxia girando ao seu em torno. Mas uma descoberta recente indica que esse não é propriamente o caso.

“Eles são tão grandes que é difícil fazer com que se movam”, explica Dominic Pesce, que liderou o estudo. “Considere como é mais difícil acertar uma bola de boliche em movimento do que acertar uma bola de futebol. Sabendo que, neste caso, a bola de boliche é vários milhões de vezes mais massiva que o nosso Sol.”

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Descoberta

Astrônomos especulam há algum tempo que buracos negros supermassivos podem se mover no espaço. Mas uma evidência nunca foi encontrada. Agora eles têm a prova que precisavam.

Como parte desse estudo, Pesce e sua equipe observaram dez grandes galáxias ao longo de cinco anos, se perguntando: as velocidades dos buracos negros são iguais às velocidades das galáxias em que residem? Do contrário, isso significaria que o buraco negro foi rompido e agora está em movimento.

Para este trabalho, a equipe se concentrou especificamente em objetos cujo disco de acreção continha água. Quando enroladas em torno de um buraco negro, as moléculas de H2O produzem um feixe de luz de rádio semelhante a um laser, chamado de “maser”. E, quando analisados, esses masers podem tornar possível medir a velocidade de um buraco negro com muita precisão.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Ao final de seus cinco anos de acompanhamento, os astrônomos determinaram que nove dos dez buracos negros analisados ​​estavam em repouso. No entanto, um deles estava em movimento.

Localizado a 230 milhões de anos-luz da Terra, o objeto, que tem uma massa estimada de três milhões de vezes a do Sol, está se movendo a mais de sup177.000 km / h no centro de uma galáxia chamada J0437 + 2456.

Fusão de dois buracos negros supermassivos?

Por enquanto, as razões para essa mudança não são conhecidas, mas os astrônomos têm suas próprias ideias. “Podemos estar observando as consequências da fusão de dois buracos negros supermassivos”, enfatiza Jim Condon, radioastrônomo do National Radio Astronomical Observatory que participou do estudo. “Essa fusão poderia, de fato, ter empurrado para trás o objeto resultante dessa união.”

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Mais observações serão necessárias para identificar a verdadeira causa desse movimento incomum.

Faça um comentário

Notícia

Durante o desenvolvimento embrionário, os mamíferos (a maioria deles) crescem na cavidade do útero da mãe. Esse ambiente vai se dilatando e desenvolvendo ao...

Mundo Estranho

O jovem de 23 anos Eik Júnior Monzilar Parikokoriu precisou percorrer nove quilômetros com a ave presa à garganta até chegar num pronto-socorro.

Saúde & Bem-Estar

Os exercícios de alta intensidade de intervalos (HIIT) se tornaram populares nos últimos anos por uma série de razões. Eles não exigem tanto tempo...

Espaço

Planeta Nove? Plutão deixou de ser planeta? Descubra agora quantos e quais são planetas do Sistema Solar.