HomeAuthorÉlisson Amboni, Autor em SoCientífica

Fundador da Sociedade Científica, escreve e traduz para o site sobre vários temas que lhe dão ímpeto. Você pode encontrá-lo no Twitter clicando aqui.
https://i2.wp.com/socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/08/ebola-curável.jpg?resize=800%2C532&ssl=1

Após testes sistemáticos de dois medicamentos experimentais no surto do Ebola na República Democrática do Congo, cientistas declararam que a doença não é mais considerada incurável. Foi a partir do surto na República Democrática do Congo que os testes com dois anticorpos monoclonais demonstraram eficazes para os pacientes. Esses anticorpos foram capazes de bloquear o vírus e aumentar drasticamente as chances de sobrevivência do paciente infectado, além de eliminar completamente o vírus. “A partir de...

https://i0.wp.com/socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/08/image-url-3.jpg?resize=620%2C349&ssl=1

Bernie Sanders, um dos favoritos a se eleger para a Casa Branca, quer liberar qualquer documento confidencial que tenha informações sobre aliens que eventualmente o governo dos Estados Unidos tenha sob sigilo. Não é a primeira vez que um candidato promete liberar os documentos se vencer as eleições. Hilary Clinton também foi uma das que prometeu divulgar qualquer informação que tivesse acesso, se eleita. Neste caso, porém, a vontade de divulgar arquivos referentes a Objetos...

https://i0.wp.com/socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/07/ouro-em-eucalipto.jpg?resize=883%2C450&ssl=1

Há muito tempo se difunde o ditado que “dinheiro não cresce em árvore”, mas, a partir de uma descoberta descrita na Nature, cientistas provam que sim, o dinheiro, ou melhor, o ouro, pode ser encontrado nas folhas de algumas plantas, principalmente a do eucalipto. Eucaliptos de algumas localizações da Austrália contêm pequenas quantidades do metal precioso que foram absorvidas naturalmente. Esse processo ocorre devido às suas raízes, que podem mergulhar a mais de 30 metros...

https://i1.wp.com/socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/07/67241112_370563556992822_3200160728151788983_n.jpg?resize=1080%2C720&ssl=1

Fotografia rara, capturada por Chase Dekker, mostra um leão marinho preso na boca de uma baleia jubarte. Enquanto observava a rotina de baleias jubartes, Chase acabou presenciando um evento extremamente raro que, segundo ele, o impulso de pegar a câmera para registrar o momento fez com que nem olhasse para ver se as fotos estavam realmente sendo tiradas. “Eu nem olhei para a minha câmera”, disse Dekker. “Eu apenas pulei e gritei para todos a...

https://i2.wp.com/socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/07/buraco-negro-supermassivo.jpg?resize=889%2C600&ssl=1

EspaçoMisteriosas estrelas negras podem ter criado os buracos negros supermassivos

Élisson Amboni4 semanas atrás5 minA impressão deste artista mostra o entorno do buraco negro supermassivo no coração da galáxia ativa NGC 3783. (ESO/M. Kornmesser)

Uma nova teoria tenta explicar a origem dos misteriosos buracos negros supermassivos que estão no centro de quase todas as galáxias. E fala que suas origens podem remontar a outro misterioso e hipotético objeto do universo primitivo: as estrelas negras. Estudos sugerem que estrelas negras seriam feitas do mesmo material que estrelas normais – ou seja, hidrogênio e hélio. Uma questão crucial, contudo, leva os cientistas a crer que essas estrelas não são somente feitas...

https://i2.wp.com/socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/07/Buraco-negro-que-nçao-deveria-existir.jpg?resize=900%2C506&ssl=1

EspaçoBuraco negro supermassivo que não deveria existir intriga astrônomos

Élisson Amboni1 mês atrás4 minImpressão artística. Crédito da imagem: ESA/Hubble, M. Kornmesser

O Telescópio Espacial Hubble, da NASA, encontrou um disco fino de material orbitando em torno de um buraco negro supermassivo no coração da galáxia espiral NGC 3147, a 130 milhões de anos-luz de distância de nós. O que há de errado nesse disco é que ele não deveria estar lá. O disco se encontra muito próximo do buraco negro supermassivo, e devido a essa aproximação, ele pode revelar pistas das teorias das relatividades de Albert...

https://i2.wp.com/socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/07/400-exoplanetas-da-nasa.jpg?resize=900%2C473&ssl=1

A primeira descoberta de exoplanetas ocorreu somente em torno de 1992. Desde então, uma quantidade enorme de mundos é adicionada ao catálogo, com descobertas excepcionais feitas pelo Telescópio Espacial Kepler. Na última década, o ritmo de descobertas foi bastante alto. E, em junho deste ano, o exoplaneta 4.000 foi finalmente descoberto. Kepler se aposentou permanentemente em 2018, mas seu legado foi retomado por outros observatórios, como o Transiting Exoplanet Survey Satellite (TESS), que já encontrou...

https://i1.wp.com/socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/07/galcenfignicmos-opacity15percent_bigger.png?resize=1041%2C720&ssl=1

Os buracos negros supermassivos existem no centro da maioria das galáxias, e a nossa Via Láctea não é exceção. Mas muitas outras galáxias têm buracos negros altamente ativos, o que significa que muito material está caindo neles, emitindo radiação de alta energia neste processo de “alimentação”. O buraco negro central da Via Láctea, por outro lado, é relativamente silencioso. Novas observações do Observatório Estratosférico da NASA para Astronomia Infravermelha, SOFIA, estão ajudando os cientistas a...