Connect with us

Hi, what are you looking for?

Saúde & Bem-Estar

A malária pode se esconder no seu corpo modificando os genes parasitas

Mosquito transmissor da malária
(Jimmy Chan / Pexels)

Sabe-se que a malária é uma doença que causa a morte de milhares de pessoas todos os anos. Ela é mais frequente em tempos chuvosos, quando o mosquito hospedeiro do parasita se reproduz mais. O que não se sabia era que a malária pode se esconder no corpo das pessoas sem mostrar sintomas.

A doença ataca os glóbulos vermelhos do sangue e costuma causar sintomas como febre e dores nos músculos. Existem cinco espécies que causam a doença. O Plasmodium falciparum é a espécie que causa sintomas mais sérios.

A malária na seca

Cientistas notaram que a malária poderia ser encontrada no corpo humano mesmo em tempos secos. Esse fato trouxe dúvidas, pois durante essa estação a quantidade de hospedeiros da doença é pouca. Então, pesquisadores da Universidade de Heidelberg notaram que a espécie de parasita da malária P. falciparum consegue sobreviver no corpo humano sem ser descoberto. O parasita fica escondido dentro do corpo esperando as chuvas.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

De acordo com a New Scientist um estudo feito na Alemanha acompanhou 600 pessoas em Mali nos anos de 2017 e 2018. Neste intervalo foi observado apenas 17 pessoas (12 em 2017 e cinco em 2018) com malária na estação seca. O número é considerado baixo comparando com a estação chuvosa. Os pesquisadores acham que o parasita encontrou um “ponto ideal” para viver. Isto porque durante o período seco consegue se manter no corpo humano sem mostrar que estão ali.

Uma explicação de como a malária pode se esconder

Os estudos compararam a ação dos parasitas durante as chuvas e a seca. Foi visto que durante as chuvas o parasita “usa certas proteínas para aderir aos vasos sanguíneos quase como o velcro”. Isto dificulta as células doentes de irem até o baço, o qual é um órgão que filtra o sangue e tira as células doentes do sangue. É no baço que o corpo entende que há algo errado e alerta o sistema imunológico.

A malária pode se esconder no seu corpo
(JOSEPH TAKAHASHI LAB/UT SOUTHWESTERN MEDICAL CENTER)

No entanto, durante a estação seca os pesquisadores notaram que os parasitas não produzem mais essa proteína. Isto faz com que os glóbulos vermelhos que estão doentes não grudem nos vasos sanguíneos e caminhem até o baço. Este fato faz com que o corpo não de sinal de alerta e a quantidade de parasitas no sangue fique baixa.

Uma explicação para isto é que o parasita muda seus genes durante a seca para não produzir a proteína “pegajosa”. Não fazendo isso os glóbulos vermelhos ficam menos grudentos. Alguns genes podem ser ativados e desativados conforme a estação (seca ou chuvosa). Assim, para se descobrir como a malária pode se esconder no corpo é preciso saber quais genes mudam nas estações. Porém, essa é uma questão que ainda não está clara para os pesquisadores.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

O estudo foi publicado no periódico Nature Medine. Com informações de Science News e New Scientist.

Avatar
Publicado por

Mundo Estranho

O jovem de 23 anos Eik Júnior Monzilar Parikokoriu precisou percorrer nove quilômetros com a ave presa à garganta até chegar num pronto-socorro.

Espaço

Planeta Nove? Plutão deixou de ser planeta? Descubra agora quantos e quais são planetas do Sistema Solar.

Mente & Cérebro

Nas últimas décadas, inúmeras pesquisas mostraram a relação entre amamentação e a saúde da criança. Sabe-se, por exemplo, que a amamentação ajuda no desenvolvimento...

Planeta & Ambiente

Nukumi, uma grande fêmea de tubarão-branco marcada no ano passado está cruzando o Atlântico já faz dois meses. De acordo com especialistas, ela pode estar...