NaturezaFóssil de rã de 120 milhões de anos encontrado com algo incomum no estômago

Raramente os cientistas desenterram evidências diretas de hábitos alimentares de milhões de anos.
Redação3 meses atrás4 min
https://socientifica.com.br/wp-content/uploads/2019/06/sapo.png

O que os animais antigos comeram? É uma pergunta que geralmente é respondida com evidências indiretas, como a forma da mandíbula de uma criatura, a estrutura de seus dentes ou a inferência das dietas dos descendentes modernos. Raramente os cientistas desenterram evidências diretas de hábitos alimentares passados.

No entanto, os pesquisadores Lida Xing, Kecheng Niu e Susan Evans conseguiram encontrar um espécime de sapo extinto, o Gerobatrachus baoshanensis, com um esqueleto de salamandra quase completo alojado dentro do intestino do animal. Eles descreveram a descoberta na revista Scientific Reports.

O fóssil foi originalmente descoberto em depósitos de sedimentos de 120-125 milhões de anos da Formação Guanghua, no nordeste da China, e posteriormente levado ao Museu de História Natural da Pedra de Yingliang, em Nan’an.

O sapo tem cerca de 7,4 centímetros de comprimento, do focinho à pélvis. Sua presa de salamandra é claramente visível quando se olha a parte inferior do sapo, ocupando uma parte significativa do intestino. Você pode ver a cauda da salamandra projetando-se sobre a espinha do sapo.

Os pesquisadores descreveram que “o esqueleto da salamandra está praticamente intacto com seus ossos em associação. Isso sugere que ele foi capturado e engolido inteiro, aparentemente pela cauda, dada a posição do esqueleto (com a cabeça deitada proximalmente no intestino) e presumivelmente ainda viva, e não muito antes de o sapo morrer e ser enterrado.

O predador e a presa eram de tamanhos semelhantes e, embora a salamandra fosse mais graciosa em sua estrutura, deve ter havido uma luta entre eles.”

O incomum do título é porque, nos dias de hoje, salamandras são mais conhecidas por comer rãs do que vice-versa.

ADAPTAÇÃO DO INGLÊS: 120-Million-Year-Old Fossil Frog Found With Salamander in Stomach [RealClearScience]

Lida Xing, Kecheng Niu e Susan E. Evans. “Predação inter-anfíbia no início do Cretáceo da China. Scientific Reports volume 9, Número do artigo: 7751 (2019) https://doi.org/10.1038/s41598-019-44247-7