Connect with us

Hi, what are you looking for?

Notícia

Tumbas de 3.500 anos descobertas em Luxor, no Egito

Arqueólogos egípcios com uma múmia recentemente descoberta em Luxor. Fotografia: Khaled Elfiqi / EPA

O Egito anunciou a descoberta de duas pequenas tumbas na cidade do sul de Luxor que remontam a cerca de 3.500 anos, uma descoberta que o governo espera ajudar a reviver o setor de turismo em dificuldades do país.

Os túmulos, localizados na margem ocidental do Nilo, em um cemitério para nobres e altos funcionários, são a última descoberta da cidade famosa por seus templos e túmulos, que abrangem diferentes dinastias da antiga história egípcia.

“É realmente um dia excepcional”, disse o ministro das antiguidades, Khaled al-Anani. “Os túmulos individuais da 18ª dinastia já eram conhecidos. Mas é a primeira vez que entramos dentro dos dois túmulos.”

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Anani disse que as descobertas faziam parte dos esforços do ministério para promover a indústria do turismo egípcio, parcialmente liderada pelas antiguidades, que foi atingida por ataques extremistas e turbulências políticas após o levante de 2011.

O ministério disse que uma tumba tinha um pátio revestido com paredes de tijolos de barro e paredes de pedra, e, também, continha um eixo de seis metros que levava a quatro câmaras laterais. Os artefatos encontrados no interior eram principalmente fragmentos de caixões de madeira. Inscrições e pinturas nas paredes sugerem que pertence à era entre os reinados do rei Amenhotep II e do rei Thutmose IV, ambos faraós da 18ª dinastia.

O outro túmulo tem cinco entradas que conduzem a um salão retangular e contém dois covis de sepultamentos localizados nos lados norte e sul do túmulo.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Entre os artefatos encontrados no interior estão os cones funerários, as máscaras funerárias de madeira pintadas, os vasos de barro, cerca de 450 estátuas e uma múmia, que provavelmente era um alto funcionário. Um invólucro esculpido no teto da tumba possui o nome do Rei Thutmose I da 18ª dinastia, de acordo com o ministério.

Tradução realizada por Sociedade Científica da publicação original do The Guardian com o título Egypt announces discovery of 3,500-year-old tombs in Luxor.

Publicidade. A leitura continua abaixo.
Faça um comentário

Notícia

Durante o desenvolvimento embrionário, os mamíferos (a maioria deles) crescem na cavidade do útero da mãe. Esse ambiente vai se dilatando e desenvolvendo ao...

Mundo Estranho

O jovem de 23 anos Eik Júnior Monzilar Parikokoriu precisou percorrer nove quilômetros com a ave presa à garganta até chegar num pronto-socorro.

Saúde & Bem-Estar

Os exercícios de alta intensidade de intervalos (HIIT) se tornaram populares nos últimos anos por uma série de razões. Eles não exigem tanto tempo...

Espaço

Planeta Nove? Plutão deixou de ser planeta? Descubra agora quantos e quais são planetas do Sistema Solar.