Connect with us

Hi, what are you looking for?

Saúde & Bem-Estar

Técnica para perder peso leva apenas 15 minutos por dia

(Unsplash)

Comer e beber com moderação é algo que todos nós sabemos que melhora a saúde e causa a perda de peso. Contudo, não conseguimos nos segurar mesmo assim.

Um estudo revelou que monitorar a sua dieta não é tão difícil, e leva apenas 15 minutos do seu tempo por dia.

No estudo, que durou seis meses, foi feito um rastreamento de dieta em um programa de perda de peso, em que os participantes utilizaram em média 15 minutos por dia para registrar toda sua ingestão alimentar.

Continua depois da publicidade

O estudo foi publicado dia 25 de fevereiro de 2020, pela revista Obesity. Ele é o primeiro estudo que se propõe a quantificar o tempo de automonitoramento dietético que as pessoas levam para perder peso com sucesso, de acordo com o Live Science.

O principal autor do estudo, Jean Harvey, presidente do Departamento de Nutrição e Ciências da Alimentação da Universidade de Vermont, disse: “As pessoas odeiam isso; acham que é oneroso e horrível, mas a pergunta que tínhamos era: quanto tempo o automonitoramento dietético realmente leva… A resposta é não muito”.

Por fim, objetivo dos pesquisadores com esse estudo é motivar as pessoas a tentar fazer o automonitoramento. Eles reforçaram que o automonitoramento “é altamente eficaz e não é tão difícil quanto as pessoas pensam”. E ainda observaram que existem muitos aplicativos para rastrear a ingestão de alimentos.

Continua depois da publicidade
(Unasp)

Perda de peso de forma calculada

No estudo, foram analisadas 142 pessoas que estavam com sobrepeso ou em obesidade. O programa de perda de peso foi online, e envolveu reuniões semanais durante 24 semanas em grupos que discutiam estratégias de como perder peso. Funcionando como um estabelecimento de metas, em que as pessoas se incentivavam com exercícios e dietas de baixas calorias.

No site os participantes também registravam a sua ingestão de alimento todos os dias. Por isso, o site monitorou o quanto os participantes o acessavam e realizavam suas tarefas.

Durante o primeiro mês de estudo, os participantes passaram em médias apenas 23,2 minutos por dia acompanhando sua ingestão de alimentos. No fim do estudo, esse tempo foi reduzido para em média 14,6 minutos por dia.

Ao contrário do que se poderia pensar, as pessoas que perderam mais peso que não foram aquelas que mais gastaram tempo. Contudo, os participantes que mais perderam peso tiveram logins mais frequentes, com cerca de 2,7% de visitas por dia.

Continua depois da publicidade
(Ian Thomas Jansen-Lonnquist)

Além disso, as pessoas que perderam 10% de seu peso corporal registraram sua ingestão de alimentos por pelo menos 20 dias por mês, enquanto que aqueles que perderem menos peso visitaram o site apenas 11 dias. Segundo Harvey, “parece ser o ato de auto-monitoramento que faz a diferença – não o tempo gasto ou os detalhes incluídos”.

Foi observado ainda pelos pesquisadores que o resultado conseguido com o automonitoramento feito online, não se aplica necessariamente ao automonitoramento feito com o uso papel e lápis. Pois podem haver fatores diferentes que envolvem ambos.

Por fim, se você deseja perder peso, a pesquisa mostra que o melhor indicador de sucesso é monitorar e registrar a ingestão de calorias e gorduras ao longo do dia – e se dedicar a isso por pelo menos 15 minutos todo dia já é um grande avanço na sua luta para o emagrecimento.

Uma versão desta matéria foi publicada em junho.

Continua depois da publicidade
Avatar
Publicado por

É formando de Psicologia pela Faculdade do Futuro e redator freelancer focado no estudo do ser humano, seus comportamentos e na sociedade.


Populares hoje

Mente & Cérebro

Pela primeira vez, pesquisadores conseguiram estudar o momento em que a morte cerebral se torna irreversível no corpo humano, observando o fenômeno em vários...

Plantas & Animais

No fim da década passada, em 2007, cientistas russos, húngaros e norte-americanos recuperaram sementes congeladas de Silene stenophylla, enquanto avaliavam aproximadamente 70 antigas tocas...

Mundo Estranho

Esta semana moradores da cidade de Cracóvia, na Polônia teriam se trancado em casa assustados com uma ‘criatura aterrorizante’ que estaria escondida nas árvores perto...

História & Humanidade

100.000 anos atrás, um grupo de 36 neandertais caminhou ao longo de uma praia no sul da Espanha. Durante a caminhada, vários indivíduos deixaram...