Connect with us

Hi, what are you looking for?

Saúde & Bem-Estar

Por que pessoas com Borderline têm péssimos parceiros de relação?

(Créditos da imagem: Sam Rios/Unsplash)

O transtorno de personalidade borderline é caracterizado por mudanças de humor frequente e relações sociais instáveis.

Um estudo fez novas afirmações sobre por que essas pessoas constroem relacionamentos tão destrutivos, e é sobre isso que falaremos neste artigo.

Veja a seguir um perfil básico sobre o perfil pessoas borderline e os resultados sobre esse estudo.

Continua depois da publicidade

Como surgem pessoas borderline?

Pessoas borderline são pessoas que normalmente sofreram traumas na infância, relacionados a abuso de todos os tipos e negligência, que ocasionaram diversos traumas emocionais nela.

Crianças com esse perfil desenvolvem muitos comportamentos defensivos, por causa do medo de serem abandonadas. Adultos borderline se sentem do mesmo modo, muitas vezes optando pelo isolamento, para evitar que sejam abandonados pelas pessoas.

Características de pessoas Borderline

A raiva também é um outro comportamento marcante do borderline, pois o mínimo sinal de rejeição o faz ter uma reação maior do que uma situação exige. Ou seja, pessoas borderline possuem muitas dificuldades de controlar o nível de sua raiva e se irritam com facilidade.

Continua depois da publicidade

Como estão a todo momento em modo de defesa, sentem com muita frequência ansiedade, medo, insegurança e irritação, dificultando muito sua vida social.

Essas pessoas também sentem constantemente uma sensação de vazio, que muitas vezes tentam preencher com outras pessoas em sua vida. Isso causa uma enorme dependência afetiva por parte dessas pessoas. Infelizmente, outro modo que pessoas borderline usam para preencher seu vazio é com diversos vícios, como sexo, drogas e álcool.

(Créditos da imagem: RyanMcGuire/Pixabay)

Tudo isso os leva a ter muitos comportamentos impulsivos, podendo entrar em um relacionamento e rapidamente terminá-lo.

A negligência consigo mesmo é frequente entre pessoas com o transtorno. Eles se consideram pessoas muito ruins, e olham para seu futuro de maneira pessimista, por sempre lembrarem de seus traumas do passado.

Continua depois da publicidade

Por fim, essas pessoas podem ser muito propensas ao suicídio, sendo como meio de chamar a atenção ou com o objetivo real de se matar.

Estudo sobre pessoas Borderline e relacionamentos

Um recente estudo de Haang Jeung e colegas da Universidade de Heidelberg (2020), feito através de uma sequência de experimentos sociais que tinham o objetivo de avaliar as atitudes de uma pessoa borderline em meio a um grupo. O estudo chegou a uma conclusão interessante sobre por que essas pessoas ficam em relacionamentos tão tóxicos para elas.

Chegou-se a conclusão que pessoas borderline possuem menos aversão a iniquidade, ou seja, elas pesam os atos de outras pessoas contra elas com um peso menor do que deveriam. Em um relacionamento, elas ficam dispostas a sofrerem maus tratos a deixar a pessoa, e têm dificuldades para enxergar que não deveriam ser tratadas tão mal.

Continua depois da publicidade

Elas tentam tratar os outros de maneira justa, no entanto, elas não conseguem evitar que sejam tratadas de maneira injusta, pois não acham que merecem um tratamento melhor.

Conclusão

Se você acha que é ou conhece pessoas que se encaixam nos comportamentos citados acima, procure ajuda de um psicólogo que possa trabalhar com você para evitar esses atos destrutivos.

Não fique na situação em que está, procure ajuda imediatamente e não deixe que seus sintomas piorem.

Continua depois da publicidade

Populares hoje

Saúde & Bem-Estar

Uma empresa israelense chamada CorNeat Vision desenvolveu uma córnea sintética e permitiu a um homem de 78 anos, cego há dez anos, recuperar totalmente...

Tecnologia

Muitos especialistas em estratégia militar alertam que as guerras do futuro não serão terrestres, mas confrontos sob o signo da inteligência artificial e do...

História & Humanidade

Os sapiens não são a única espécie humana que já circulou pela Terra, embora hoje só nós estejamos vivos. Fora os sapiens, a espécie...

História & Humanidade

Nós possuímos, em nosso DNA, registros de um ancestral misterioso, que acasalou com espécies humanas há aproximadamente um milhão de anos.