Connect with us

Hi, what are you looking for?

Pets

Por que os cães têm nariz gelado?

cães têm nariz gelado
(Imagem: Shutterstock)

Quando o dono de um cachorro resolve lhe fazer um carinho, o animal tende a retribuir de volta. Nessa troca de afeto, é possível sentir que a região do focinho está gelada e úmida. No entanto, isso não é algo tão grave. Em geral, é bastante comum. Assim como o nosso corpo, os membros dos animais também costumam esquentar e esfriar ao decorrer do dia. Mas, afinal, por que os cães têm nariz gelado?

Cachorros podem distinguir frio e quente?

No momento em que o cachorro resolve tirar um cochilo, seu nariz tende a ficar mais seco e quente. Assim que desperta, sua primeira ação é passar a língua sobre o focinho, ou seja, uma lambida, para que a região volte a ficar gelada.

Segundo Anna Bálint, pesquisadora na Universidade Eötvös Loránd, na Hungria, essa ação feita pelos caninos ainda não está tão clara. Mas, ao que tudo indica, mesmo que apenas uma região pequena como o nariz esteja gelada, ele poderá ajudar a manter um equilíbrio na temperatura corporal. Os cachorros são animais peludos, e a lambida no nariz pode ser somente um mecanismo entre os caninos, relata Bálint.

Continua depois da publicidade

LEIA TAMBÉM: 3 descobertas recentes e surpreendentes sobre cães

Pensando em verificar a veracidade dessas informações, uma equipe composta por cientistas internacionais usou como amostra cavalos, cães e alces. Logo após formar a amostragem, os pesquisadores tiraram a temperatura de cada um deles. Dessa forma, os resultados comprovaram que cães e animais carnívoros possuem a região do focinho mais fria que os herbívoros. A hipótese levantada pelos pesquisadores foi que essa característica os dão vantagem enquanto tentam sobreviver na natureza.

Os cães têm nariz frio, mas conseguem identificar calor?

No primeiro experimento, utilizaram três cachorros de estimação treinados pela própria equipe. Eles foram testados da seguinte forma: eram instruídos a escolher um objeto mais quente, semelhante à temperatura de uma presa em seu habitat natural. Logo após a aplicação desse procedimento, os resultados evidenciaram que os cachorros conseguem distinguir uma radiação térmica fraca quando ela está em um raio parecido com dá presa.

Continua depois da publicidade

O primeiro experimento não mostrou muitas revelações significativas do porquê os cães têm o nariz gelado. A prática do 2º experimento foi realizada no cérebro, onde a equipe conseguiu fazer com que 13 cachorros treinados ficassem parados no scanner de ressonância magnética.

cães têm nariz gelado

Termografia de um cão a 27°C de temperatura ambiente. (Imagem: Bálint et al/Nature)

Durante o exame, os pesquisadores mostraram uma caixa com água morna e uma porta com isolamento. Os cães reagiram de forma positiva após a porta ser aberta, revelando uma superfície mais quente que antes. Uma região do cérebro localizada no hemisfério esquerdo se iluminou durante a ressonância.

LEIA TAMBÉM: Cães cantores da Nova Guiné são reencontrados na natureza

De acordo com os cientistas, o lado que acendeu serve para sentir diversas sensações, como visão, posição corporal e calor, enquanto busca por um objeto. Segundo Bálint, “as pessoas acham que os caninos seguem seu olfato [sentido do olfato], o que provavelmente, é verdade”.

Continua depois da publicidade

O artigo foi publicado recentemente na revista Scientific Reports. Com informações de Live Science.

Ruth Rodrigues
Publicado por

Bióloga de formação, mas divulgadora científica de coração. Escreve sobre o mundo das ciências para o SoCientífica.


Populares hoje

Ciência

Na Paleontologia, encontrar novas peças que pertenceram a milhões de anos atrás é um dos principais objetos de estudo. No entanto, durante uma expedição...

Notícia

Os hominídeos Homo antecessor são parentes bem antigos dos Homo sapiens. Esses humanos ancestrais habitavam vastas regiões da Europa entre 1,2 milhões e 800...

Notícia

No dia 18 de fevereiro de 2021, a sonda Perseverance da NASA pousou na cratera de Jezero, na superfície de Marte. No entanto, o...