POCO X6 Pro vs POCO X5 Pro: as diferenças e se vale a pena trocar

Daniela Marinho
Imagem: SoCientífica
Compare
POCO X6 Pro 5G

POCO X6 Pro 5G

POCO X5 Pro 5G

POCO X5 Pro 5G

Price
R$ 2.334,08
R$ 2.475,99 5 new fromR$ 2.325,00
Preço atualizado em 20 de maio de 2024 14:11
R$ 2.000,00 1 new fromR$ 2.000,00
Preço atualizado em 20 de maio de 2024 14:11
Shop Now
Ver na Amazon
Amazon.com.br
Ver na Amazon
Amazon.com.br
Features
  • Processador Snapdragon 778G
  • Display de pontos FHD + AMOLED de 120 Hz
  • Câmera principal de nível profissional de 108MP
  • Carregamento turbo de 67 W
Images
POCO X6 Pro 5G
POCO X5 Pro 5G

Em se tratando de adquirir o mais recente lançamento ou permanecer com o mesmo aparelho celular, sempre aparece o dilema: afinal, vale mesmo a pena trocar? Nesse contexto, a linha POCO é conhecida pela sua ótima relação custo-benefício, além de design arrojado e tecnologia chinesa. Dito isso, entenda as principais diferenças entre o POCO X6 e o POCO X5 Pro.

POCO X6 Pro melhor do que POCO X5 Pro? Veja comparativo

A linha POCO da Xiaomi foi criada tendo em vista oferecer especificações equilibradas a preços mais acessíveis. Agora, com a introdução do POCO X6 Pro, nova geração, surge a dúvida para quem já possui o POCO X5 Pro se realmente é vantajoso investir e realizar a troca pelo aparelho mais recente.

Para ajudar com a resposta, elencamos os principais tópicos comparativos e técnicos entre eles: tela, design, acabamento, sistema operacional, câmeras e outros; confira.

Tela

Nesse aspecto, embora não haja mudanças drásticas, as telas não são precisamente idênticas. O POCO X5 Pro (dimensão 162.1 x 76 x 7.9 mm e peso de 181 gramas) ostenta uma tela AMOLED de 6,67 polegadas, oferecendo uma taxa de atualização de 120Hz.

Por outro lado, o POCO X6 Pro (dimensão 160.5 x 74.3 x 8.3 mm e peso de 190 gramas) apresenta uma configuração de tela semelhante, destacando-se pela diferença em seu pico de brilho, que atinge até 1800 nits, e na expansão da gama de cores. Anteriormente limitada a 1 bilhão, agora a tela exibe uma impressionante variedade de 68 bilhões de cores.

Design e acabamento

Com relação ao design e ao acabamento não tiveram grandes mudanças, uma vez que o POCO X5 Pro já apresentava um acabamento traseiro em plástico, e sua sucessora manteve essa característica.

O material que reveste as laterais do dispositivo também permanece em plástico. No entanto, uma versão do modelo mais recente oferece um acabamento traseiro em couro vegano.

Com relação às opções de cores, enquanto o POCO X5 Pro estava disponível em azul, preto e amarelo, a Xiaomi trouxe três opções de cores para o modelo mais recente. O azul foi substituído pelo cinza nessa nova paleta de escolhas.

Sistema operacional

Quanto ao sistema operacional, a versão mais recente já foi lançada com o Android 14 e o HyperOS de fábrica. Considerando que seu antecessor possuía o Android 12, é razoável supor que o modelo mais recente receberá atualizações subsequentes no mesmo sistema operacional.

Entretanto, o modelo anterior já foi atualizado para o Android 13 e está prestes a receber a nova interface da Xiaomi, a HyperOS, que será integrada ao Android 14 em breve.

Câmeras

No que diz respeito às câmeras, ambos os dispositivos oferecem conjuntos robustos, mas algumas diferenças merecem destaque. Os dois modelos contam com um conjunto triplo na parte traseira, composto por uma câmera principal, uma ultrawide de 8MP e uma macro de 2MP.

No entanto, o sensor principal do modelo anterior apresentava impressionantes 108MP com abertura f/1.9, enquanto o sucessor ostenta 64MP com abertura f/1.7. A câmera frontal, que mantém a resolução de 16MP, infelizmente não grava em resolução superior a Full HD.

Memória e processamento

Após três gerações consecutivas utilizando soluções da Qualcomm para equipar a linha POCO X Pro, a Xiaomi optou por uma mudança significativa. Dessa forma, o novo modelo adota o Dimensity 8300 Ultra da MediaTek como System-on-Chip (SoC), substituindo o Snapdragon 778G presente no POCO X5 Pro 5G.

Bateria

No POCO X6 Pro, a bateria de 5000mAh e o carregamento rápido de 67W permanecem inalterados em relação ao modelo anterior. Apesar de ser uma capacidade decente, poderia se destacar mais no mercado com uma bateria de 6000mAh.

O tempo de carregamento prometido é de 45 minutos, mas é importante notar que os testes foram realizados em condições ideais. A Xiaomi destaca-se por oferecer carregamento rápido mesmo em modelos de entrada, enquanto algumas marcas, como a Samsung, ainda optam por carregamentos mais lentos em modelos mais caros.

Compartilhar