Connect with us

Hi, what are you looking for?

Plantas & Animais

Novo algoritmo revela segredos do canto dos pássaros

Algoritmo revela características do canto dos pássaros que podem ser fundamentais para o namoro.

Um Tentilhão-zebra. (Pixabay)

Cientistas desenvolveram um novo algoritmo capaz de identificar características das canções dos tentilhões-zebra machos que podem estar subjacentes à distinção entre uma frase curta cantada durante o namoro e a mesma frase cantada em um contexto de não namoro.

Sarah Woolley, da McGill University em Montreal, Canadá, e colegas apresentam essas descobertas na revista PLOS Computational Biology.

Como muitos animais, os tentilhões- zebra machos ajustam seus sinais vocais para o público. Eles podem cantar a mesma sequência de sílabas durante as interações de namoro com mulheres como quando cantam sozinhos, mas com modificações sutis. No entanto, os humanos não podem detectar essas diferenças, e não estava claro se os tentilhões-zebra fêmeas também podiam.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

No novo estudo, Woolley e seus colegas conduziram experimentos comportamentais demonstrando que os tentilhões-zebra fêmeas são de fato altamente adeptos a discriminar entre segmentos curtos de canções masculinas gravadas em ambientes de namoro e não namoro.

Em seguida, eles procuraram expandir os estudos anteriores que se concentraram em apenas alguns recursos específicos da música que podem estar subjacentes à distinção entre a canção de namoro e a de não namoro. Adotando uma abordagem “de baixo para cima”, os pesquisadores extraíram mais de 5.000 recursos de música de gravações e treinaram um algoritmo para usar esses recursos para distinguir entre frases de música de corte e não corte.

O algoritmo treinado revelou recursos que podem ser fundamentais para a percepção da música, alguns dos quais não haviam sido identificados anteriormente. Também fez previsões sobre as capacidades de distinção das fêmeas de tentilhões-zebra que se alinharam bem com os resultados dos experimentos comportamentais.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Essas descobertas destacam o potencial das abordagens ascendentes para revelar características acústicas importantes para a comunicação e a discriminação social.

“Como comunicadores vocais, temos a tendência de nos concentrar nos aspectos dos sinais de comunicação que são importantes para nós”, disse Woolley. “Usando nossa abordagem de baixo para cima, identificamos características que poderiam nunca ter aparecido em nossos dados.”

Ademais, os pesquisadores planejam testar se a manipulação dos recursos acústicos que descobriram altera o que os tentilhões fêmeas pensam sobre essas canções. O grupo também esperam avaliar como suas descobertas podem refletir em canções de namoro e não namoro para outras espécies.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Com informações de Public Library of Science.

Faça um comentário

Notícia

Durante o desenvolvimento embrionário, os mamíferos (a maioria deles) crescem na cavidade do útero da mãe. Esse ambiente vai se dilatando e desenvolvendo ao...

Mundo Estranho

O jovem de 23 anos Eik Júnior Monzilar Parikokoriu precisou percorrer nove quilômetros com a ave presa à garganta até chegar num pronto-socorro.

Saúde & Bem-Estar

Os exercícios de alta intensidade de intervalos (HIIT) se tornaram populares nos últimos anos por uma série de razões. Eles não exigem tanto tempo...

Espaço

Planeta Nove? Plutão deixou de ser planeta? Descubra agora quantos e quais são planetas do Sistema Solar.