Connect with us

Hi, what are you looking for?

Espaço

NASA detectou enorme explosão termonuclear nas profundezas do espaço

A explosão liberou em 20 segundos a mesma quantidade de energia que nosso Sol precisaria de 10 dias para liberar.

(NASA / YouTube)

O telescópio Interior da estrela de nêutrons da NASA (NICER) na Estação Espacial Internacional detectou recentemente uma enorme explosão termonuclear vinda do espaço exterior.

A explosão parece vir de um pulsar distante, segundo os relatórios da agência espacial, esse pulsar provavelmente são os restos estelares de uma estrela que explodiu em uma supernova, mas era muito pequena para formar um buraco negro. A NASA avistou a explosão porque ela enviou um feixe intenso de raios-x que foi captado pelo NICER, o observatório orbital da agência.

LEIA TAMBÉM: Voyager 2 faz incríveis descobertas no espaço interestelar

Continua depois da publicidade

Em suma, serve como um poderoso lembrete de que o espaço pode ser um lugar extremamente perigoso e hostil.

A explosão que aconteceu na noite de 20 de agosto liberou em apenas 20 segundos a mesma quantidade de energia que nosso Sol precisaria de 10 dias para liberar, de acordo com uma pesquisa publicada no The Astrophysical Journal Letters no mês passado.

Continua depois da publicidade

“Essa explosão foi notável”, disse o astrofísico da NASA Peter Bult, que liderou a pesquisa, em comunicado da NASA.

“Vemos uma mudança de brilho em duas etapas, que acreditamos ser causada pela ejeção de camadas separadas da superfície do pulsar e outros recursos que nos ajudarão a decodificar a física desses eventos poderosos”.

LEIA TAMBÉM: É assim a incrível visão de todo o universo conhecido quando reduzido a uma única imagem

Continua depois da publicidade

Os astrônomos acreditam que a explosão termonuclear foi causada por hélio que afundou sob a superfície do pulsar e se fundiu em uma bola de carbono.

 

 

Continua depois da publicidade

“O hélio se deposita e cria uma camada própria”, disse Zaven Arzoumanian, vice-investigador principal do NICER e co-autor do artigo. “Quando a camada de hélio tem alguns metros de profundidade, as condições permitem que os núcleos de hélio se fundam em carbono. Então o hélio entra em erupção explosiva e lança uma bola de fogo termonuclear em toda a superfície do pulsar.”

FONTE / NASA / Futurism

Continua depois da publicidade
Comentários

Populares hoje

Saúde & Bem-Estar

Uma empresa israelense chamada CorNeat Vision desenvolveu uma córnea sintética e permitiu a um homem de 78 anos, cego há dez anos, recuperar totalmente...

Tecnologia

Muitos especialistas em estratégia militar alertam que as guerras do futuro não serão terrestres, mas confrontos sob o signo da inteligência artificial e do...

História & Humanidade

Os sapiens não são a única espécie humana que já circulou pela Terra, embora hoje só nós estejamos vivos. Fora os sapiens, a espécie...

História & Humanidade

Nós possuímos, em nosso DNA, registros de um ancestral misterioso, que acasalou com espécies humanas há aproximadamente um milhão de anos.