Connect with us

Hi, what are you looking for?

Notícia

Estranho asteroide em forma crânio retornará à Terra em 2018

Representação artística do 2015 TB145 com base em imagem do Arecibo Observatory. Crédito: J. A. Peñas / SINC

Um asteroide que tem uma semelhança impressionante com um crânio humano vai passar na vizinhança da Terra no próximo ano. O mesmo visitante já passou por aqui no “dia das bruxas” de 2015.

Chamado de 2015 TB145, o asteroide tem cerca de 625 a 700 metros de diâmetro e dá uma volta completa em torno do seu eixo imaginário uma vez a cada três horas aproximadamente. Ele passou pela vizinhança de nosso planeta em 31 de outubro de 2015. Na mesma ocasião, o 2015 TB145 viajou a cerca de 480 mil quilômetros de distância da Terra, tendo sido descoberto três semanas antes. Isso é apenas 1,3 vez a distância média entre a Terra e a Lua. (A título de comparação, a Lua orbita a Terra a uma distância média de 384.600 quilômetros)

Um sobrevoo do Dia das Bruxas foi bastante apropriado, resultou em observações feitas na época por uma variedade de instrumentos revelaram, entre outras características, que 2015 TB145 parece um enorme crânio, pelo menos de alguns ângulos.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

“Isso significa que ele é muito escuro, apenas um pouco mais reflexivo do que o carvão”, disse Pablo Santos-Sanz, um astrofísico do Instituto de Astrofísica da Andaluzia na Espanha (Institute of Astrophysics of Andalusia, abreviado para IAA-CSIC), em um comunicado publicado em 19 de dezembro passado. Ele foi co-autor de um estudo realizado a partir de 2015 sobre as características do TB145 e que foi publicado em fevereiro de 2017 na revista Astronomy & Astrophysics.

Em novembro de 2018, o asteroide deve passar relativamente perto do nosso planeta novamente. Contudo, desta vez, passará bem mais distante, a cerca de 105 vezes mais distante do que a distância média Terra-Lua, mas perto o suficiente para ser novamente estudado. A próxima ocasião em esse objeto chegará realmente próximo do nosso planeta será em 2088, quando ele passará a cerca de 20 vezes a distância da Lua.

Esta imagem de asteróide 2015 TB145 foi gerada usando dados de radar coletados pelo Observatório Arecibo da National Science Foundation em Porto Rico. (Crédito: NAIC-Arecibo / NSF)

Esta imagem de asteróide 2015 TB145 foi gerada usando dados de radar coletados pelo Observatório Arecibo da National Science Foundation em Porto Rico.
(Crédito: NAIC-Arecibo / NSF)

“Embora essa [deste ano] aproximação não seja tão favorável, poderemos obter novos dados que podem nos ajudar a melhorar o nosso conhecimento desse objeto e de outros similares que se aproximam do nosso planeta”, disse em um comunicado, Santos-Sanz.

No artigo que Santos-Sanz e demais pesquisadores publicaram um  na revista Astronomy and Astrophysics, eles descreveram algumas das descobertas da última passagem feitas usando o Very Large Telescope (VLT), do Observatório Europeu do Sul – ESO (sigla em inglês para European Southern Observatory), instalado no Cerro Paranal no Deserto do Atacama, no Chile.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Eles foram capazes de determinar o período de rotação com exatidão, calculado em 2,94 horas, para ser exato, embora notem que também possa ser 4,78 horas, pois esse valor também se ajusta aos dados óticos obtidos. Eles também determinaram a forma, visto como um elipsóide achatado, e descobriram que o visitante refletia apenas cerca de 5 a 6% da luz solar recebida.

O asteróide 2015 TB145, visto pelo Observatório de Arecibo. Crédito: NAIC-Arecibo / NSF

“Isso significa que o asteroide é muito escuro, apenas um pouco mais reflexivo do que o carvão”, disse Santos-Sanz.

Pensava-se que o asteroide poderia ser um cometa extinto, perdendo a água e outros compostos voláteis enquanto orbitava o Sol. Contudo, o asteroide é um pouco semelhante ao objeto interestelar ‘Oumuamua, que também parece ser algum tipo de cometa disfarçado de asteroide.

A próxima passagem desse “asteroide do dia das bruxas” não será muito assustadora. Mas deve ser interessante do mesmo jeito que antes, com os cientistas na esperança de aprender mais sobre suas incomuns características.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Fontes: Space.com em “Haunted Again: Skull-Faced ‘Halloween Asteroid’ Returns in 2018” e IFL Science  em Bizarre Skull Asteroid Will Return To Earth In 2018”.

Referência:

  1. MÜLLER, T. G et al. Large Halloween asteroid at lunar distance. Astronomy and Astrophysics, V. 598, 2017. https://doi.org/10.1051/0004-6361/201629584. Disponível on line em https://www.aanda.org/articles/aa/abs/2017/02/aa29584-16/aa29584-16.html
Avatar
Publicado por

Sou baiano, tenho 17 anos e sou fascinado pelo Cosmos. Atualmente trabalho com a divulgação científica na internet — principalmente no Ciencianautas, projeto em que eu mesmo fundei aos 15 anos de idade —, com ênfase na astronomia e cosmologia.

Faça um comentário

Mundo Estranho

O jovem de 23 anos Eik Júnior Monzilar Parikokoriu precisou percorrer nove quilômetros com a ave presa à garganta até chegar num pronto-socorro.

Espaço

Planeta Nove? Plutão deixou de ser planeta? Descubra agora quantos e quais são planetas do Sistema Solar.

Mente & Cérebro

Nas últimas décadas, inúmeras pesquisas mostraram a relação entre amamentação e a saúde da criança. Sabe-se, por exemplo, que a amamentação ajuda no desenvolvimento...

Planeta & Ambiente

Nukumi, uma grande fêmea de tubarão-branco marcada no ano passado está cruzando o Atlântico já faz dois meses. De acordo com especialistas, ela pode estar...