Connect with us

Hi, what are you looking for?

Saúde & Bem-Estar

Está sendo testado um novo dispositivo que pode revolucionar a batalha contra o HIV

Um implante de controle de natalidade, próximo a um centavo por escala, é o mesmo dispositivo que forneceria um novo medicamento anti-retroviral, o islatravir. (Merck)

A empresa farmacêutica Merck desenvolveu um implante com um novo medicamento que poderia prevenir o HIV por até um ano.

A pesquisa foi descrita na terçafeira em uma conferência internacional sobre a AIDS na Cidade do México.

O novo dispositivo foi testado pela empresa em apenas 12 pacientes por 12 semanas. Mas os pesquisadores já estão muito empolgados com a nova tecnologia.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Novos métodos de prevenção do HIV são desesperadamente necessários. Cerca de 75 milhões de pessoas contraíram o vírus letal desde o início da epidemia de AIDS. Mesmo agora, cerca de 1,7 milhão de pessoas são infectadas a cada ano.

O dispositivo, trata-se de um fino bastão de plástico que pode ser implantado sob a pele para liberar pequenas doses do medicamento.

A droga usada nos novos implantes é o islatravir, que até a semana passada era conhecido como EFdA ou MK-8591. É o primeiro de uma nova classe de medicamentos chamados inibidores da translocação de transcriptase reversa de nucleosídeos, que bloqueiam o movimento da enzima responsável pela clonagem do DNA do vírus para que ele possa infectar novas células.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

As vantagens de se utilizar esse medicamento é que ele é até 10 vezes mais potente que qualquer outro droga já utilizada para prevenir o HIV, até pequenas doses da droga podem ser eficazes, o remédio também pode passar até cinco dias na corrente sanguínea, podendo ser utilizado com menores frequências.

A suposição de que o implante poderia proteger contra o HIV por um ano foi obtida estimando-se a quantidade de droga que é considerada protetora e o quanto o implante pode suportar. Um teste no mundo real significa dar o implante a milhares de homens e mulheres sexualmente ativos ou usuários de drogas, e rastrear quantos são infectados.

O diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas, Anthony S. Fauci, que não esteve envolvido na pesquisa, diz que é cautelosamente otimista.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

“Se – e eu estou enfatizando se – se for em um teste maior que oferece um nível de droga que protege por um ano, isso mudaria o jogo”, disse eleao The New York Times.

FONTES / The New York Times / ScienceAlert

Publicidade. A leitura continua abaixo.
Damares Alves
Publicado por

Apaixonada pela natureza, me tornei redatora e hoje escrevo exclusivamente sobre ciência. Meu objetivo é que todos possam ter acesso a pesquisas importantes e descobertas incríveis que são realizadas todos os dias.

Faça um comentário

Mundo Estranho

O jovem de 23 anos Eik Júnior Monzilar Parikokoriu precisou percorrer nove quilômetros com a ave presa à garganta até chegar num pronto-socorro.

Saúde & Bem-Estar

Os exercícios de alta intensidade de intervalos (HIIT) se tornaram populares nos últimos anos por uma série de razões. Eles não exigem tanto tempo...

Espaço

Planeta Nove? Plutão deixou de ser planeta? Descubra agora quantos e quais são planetas do Sistema Solar.

Espaço

Trouxemos uma pequena seleção das mais belas fotos da superlua que iluminou os céus esta semana. Confira agora mesmo.