Connect with us

Hi, what are you looking for?

Espaço

Eclipse solar: anel de fogo marcará o solstício de inverno

Um eclipse solar anular, um “anel de fogo”, selará o início do verão e, para o hemisfério sul, o início do inverno.

Eclipse solar anular, ou "anel de fogo" (Créditos da imagem: Wikimedia Commons).

Talvez não seja tão interessante para nós, brasileiros, que não poderemos contemplá-lo, mas para alguns pontos do hemisfério norte um eclipse solar anular, um “anel de fogo”, selará o início do verão e, para o hemisfério sul, o início do inverno.

No dia 20 de junho ocorre o solstício de inverno/verão. No dia 21, África Central, Península Arábica, Índia, China, Taiwan e Pacífico verão o anel completo. O restante da África, Ásia, Sul e Leste da Europa e Norte da Austrália observarão um eclipse parcial.

Esse eclipse é carinhosamente conhecido como “anel de fogo” porque a Lua não consegue tapar o Sol por completo, deixando as bordas “sobrando”.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Como observar o anel de fogo?

Infelizmente, as Américas não são continentes na lista de locais onde o eclipse ocorrerá. No entanto, vivemos na era da informação, e você pode encontrar lives nas redes sociais.

Se você mora fora do Brasil, em um dos países presenteados com esse lindo padrão da natureza, alguns adendos:

Não olhe diretamente para o eclipse! Apesar de o Sol estar parcialmente ocultado, ainda assim alguns raios do espectro eletromagnético, como os raios ultravioleta, podem danificar permanentemente seu olho.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Isso vale principalmente se você tiver algum equipamento de observação astronômica, como telescópio, luneta ou binóculos.

Para esse caso, existem filtros para proteger a vista, ou até mesmo sua câmera – a olho nú, é recomendado um óculos especial, parecido com equipamento de solda (óculos de sol comuns não funcionam para esse fim).

A luz solar pode ser extremamente perigosa (Créditos da imagem: Dave Gough).

Por que é perigoso?

Esses equipamentos possuem uma função: centralizar o máximo de luz possível em um pequeno ponto, de forma que você enxergue o céu noturno com maior clareza do que a olho nu.

Olhar sem filtros pode ser perigoso por um motivo principal: a luz solar pode literalmente queimar sua retina – e em um equipamento óptico isso é amplificado.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

A pior parte é que isso é indolor, ou seja, você não possui um aviso biológico de que algo está te machucando, e acabará ficando com graves danificações em sua vista.

O que é um solstício?

O solstício é um padrão que ocorre na dinâmica Terra-Sol, marcando o início do inverno ou do verão. A primavera e outono têm o início marcado pelo equinócio.

Em ambos os casos, é inverso entre os hemisférios. No hemisfério sul, ocorrerá o solstício de inverno e, no hemisfério norte, solstício de verão – o mesmo ocorre para os equinócios.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

O solstício é o momento onde, para o inverno, o Sol está na maior distância angular possível do plano do equador e, para o outro hemisfério, no verão, está na maior distância angular possível.

Avatar
Publicado por

É divulgador científico por paixão. Gradua-se em Física pela UFSCAR e atua principalmente na Ciencianautas e SoCientífica.

Notícia

Durante o desenvolvimento embrionário, os mamíferos (a maioria deles) crescem na cavidade do útero da mãe. Esse ambiente vai se dilatando e desenvolvendo ao...

Mundo Estranho

O jovem de 23 anos Eik Júnior Monzilar Parikokoriu precisou percorrer nove quilômetros com a ave presa à garganta até chegar num pronto-socorro.

Saúde & Bem-Estar

Os exercícios de alta intensidade de intervalos (HIIT) se tornaram populares nos últimos anos por uma série de razões. Eles não exigem tanto tempo...

Espaço

Planeta Nove? Plutão deixou de ser planeta? Descubra agora quantos e quais são planetas do Sistema Solar.