Connect with us

Hi, what are you looking for?

Notícia

Documentário mostra como Continente Antártico contribui para a vida na Terra

Pixabay

“Embora coberto por uma espessa camada de gelo, é um ambiente surpreendentemente vivo e dinâmico e essencial para a manutenção da vida na Terra”. Essa é a frase que apresenta e resume o sentido do documentário Antártica: O Continente dos Extremos, produção que foi lançada pelo Instituto Oceanográfico (IO) da USP no dia 2 de fevereiro durante o VI Simpósio APECS-Brasil 2021, evento sobre ciência e pesquisa nas regiões polares.

O documentário é resultado de um convênio que o Ministério do Meio Ambiente (MMA) tem com o IO de monitoramento ambiental de toda a área da Estação Antártica Brasileira Comandante Ferraz. Idealizado pela professora Rosalinda Montone, do IO, o vídeo foi produzido com o propósito de mostrar a importância da região antártica para o planeta, falando sobre sua atuação como regulador climático, além de destacar a necessidade de conservação ambiental.

O vídeo também apresenta as atividades dos pesquisadores brasileiros na estação e um panorama da presença brasileira no continente. “O documentário na Antártica foi um desafio tão grande quanto fazer pesquisa, pois há dificuldades logísticas, climáticas, além dos problemas burocráticos”, explicou Rosalinda durante o evento de lançamento do vídeo. Ela também destacou que a produção é uma forma de retorno para a sociedade sobre as atividades que são desenvolvidas lá pelos brasileiros.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

A ideia do documentário surgiu há oito anos, segundo Rosalinda, logo no início do convênio com o Ministério. Depois, logo aconteceu um acidente na estação brasileira, em 25 de fevereiro de 2012, quando o prédio principal da estação foi completamente destruído e, entre as 60 pessoas no local, houve duas mortes. Depois, uma nova estrutura foi montada e a estação foi reinaugurada em janeiro de 2020.

A produção conta com a participação de vários cientistas e professores da USP: Frederico Brandini, José Roberto Machado da Silva, Marcos Tonelli, Paulo Roberto dos Santos, Rubens Junqueira Villela, Thais Corbisier, Vicente Gomes e Vivian Pellizari, além de pesquisadores antárticos de diversas instituições brasileiras. 

“Espero que a beleza exuberante da Antártica nos leve para uma viagem maravilhosa, que acrescente paz e um pouco de luz para nossas vidas”, conclui Rosalinda.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Confira abaixo o documentário completo Antártica: O Continente dos Extremos

Publicado originalmente em Jornal da USP. Leia o original aqui.

Avatar
Publicado por

Notícia

Durante o desenvolvimento embrionário, os mamíferos (a maioria deles) crescem na cavidade do útero da mãe. Esse ambiente vai se dilatando e desenvolvendo ao...

Mundo Estranho

O jovem de 23 anos Eik Júnior Monzilar Parikokoriu precisou percorrer nove quilômetros com a ave presa à garganta até chegar num pronto-socorro.

Saúde & Bem-Estar

Os exercícios de alta intensidade de intervalos (HIIT) se tornaram populares nos últimos anos por uma série de razões. Eles não exigem tanto tempo...

Espaço

Planeta Nove? Plutão deixou de ser planeta? Descubra agora quantos e quais são planetas do Sistema Solar.