Connect with us

Hi, what are you looking for?

Saúde & Bem-Estar

Dietas sem carne podem aumentar o risco de fraturas ósseas, diz estudo

Veganismo
(Imagem: Wageningen University)

Pessoas adeptas ao veganismo muitas vezes têm problemas relativos à falta de nutrientes importantes para o corpo. Para evitar isso, os veganos devem contar com suplementos para suprir a privação de proteínas, vitaminas, entre outros. Além disso, novo estudo mostrou que os veganos têm maior risco de fraturas ósseas.

Veganismo e o risco de fraturas ósseas

Privar-se de comer qualquer alimento de origem animal pode ter boas razões, mas sem dúvida vem com um preço. A dieta vegana restringe bastante o consumo de nutrientes importantes para o corpo. Agora, um estudo publicado recentemente descobriu que os veganos – também os vegetarianos e pescetarianos – podem ter maior risco de fraturas ósseas.

“Esse é o primeiro estudo abrangente sobre os riscos de fraturas entre pessoas de diferentes grupos de dieta”, disse Tammy Tong, autora do estudo, na Universidade de Oxford, em Reino Unido.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Dos participantes do estudo, quase 30.000 comiam qualquer carne, cerca de 8.000 eram pescetarianos, mais de 15.000 eram vegetarianos e quase 2.000 eram veganos.

Os pesquisadores das Universidades de Oxford e Bristol monitoraram os registros hospitalares dos participantes até 2016, numa média de 17 anos de acompanhamento. Ao longo do estudo, 3.941 fraturas ocorreram no total.

No estudo, houve cerca de 20 casos a mais de fraturas de veganos a cada 1.000 pessoas, em um período de 10 anos. Os veganos tiveram maior risco de fraturas nos quadris e pernas, além das costelas e vértebras.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Concluiram também que os veganos com menor ingestão de cálcio e proteína tinham um risco 43% maior, em média, de sofrer fraturas ósseas do que as pessoas que comiam carne.

Além disso, pessoas adeptas às dietas vegetariana e pescetariana também apresentaram riscos maiores de lesões e fraturas ósseas.

VEJA TAMBÉM: Dieta vegana e dieta vegetariana: qual a diferença?

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Mas calma, ainda não está tão claro


Apesar de que vários dos resultados são coerentes, outros parecem divergir com demais pesquisas já feitas.

Por exemplo, um estudo Oxford-EPIC de 2007, que incluiu quase 35.000 participantes, concordou que os veganos têm maior propensão a fraturas, mas discordou quanto aos vegetarianos.

Ademais, neste novo estudo das Universidades de Oxford e Bristol, três quartos dos participantes eram mulheres; portanto, os pesquisadores querem utilizar futuramente uma proporção maior de homens para explorar as diferenças de risco por sexo.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Os pesquisadores ainda esperam ver estudos adicionais com populações não europeias, pois outras pesquisas indicam que há diferenças nos riscos de fratura entre grupos étnicos.

Vegetarianismo e veganismo: riscos?

Os riscos das dietas vegana e vegetariana já são conhecidos pelos nutricionistas há alguns anos. Se as pessoas adeptas a essas dietas não tiverem cuidado, podem desenvolver sérios problemas de saúde devido à falta de nutrientes como proteínas, ferro, vitamina B12, cálcio, entre outros.

Por isso, pessoas que se privam de comer carne ou qualquer alimento de origem animal devem seguir a devida suplementação para suprir a falta desses nutrientes, que são obtidos em dietas com carne.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Além disso, pesquisas sugerem que pessoas veganas têm um risco mais elevado de desenvolver coágulos de sangue ou endurecimento das artérias, condições que podem levar a ataques cardíacos ou ao AVC.

Avatar
Publicado por

Matheus Gouveia é formado em Engenharia Elétrica e apaixonado por ciência e tecnologia. Atualmente é redator da SoCientífica e autor do blog "DoCaramba!".

Mente & Cérebro

Os corvos são considerados modelos de cognição em psicologia animal, e são uma das mais fortes evidências de que a consciência é um fenômeno...

Plantas & Animais

No oceano, no meio dos corais, você pode encontrar esse estranho organismo. Embora muitas vezes se pareça com uma pedra circular esverdeada e brilhante,...

Plantas & Animais

Cientistas descreveram, em um estudo publicado no Journal of Mammalian Evolution, uma nova espécie gigante de um dente-de-sabre, Machairodus lahayishupup, que teria vivido na América do...

Plantas & Animais

Um novo estudo mostrou que os tubarões, assim com as aves, se orientam pelo campo magnético da Terra para realizar migrações de longa distância.