Connect with us

Hi, what are you looking for?

Plantas & Animais

Como as abelhas produzem o mel?

O néctar das flores passa por algumas transformações químicas e físicas para se tornar o mundialmente conhecido mel.

A fabricação do mel inicia-se quando as abelhas operárias coletam o néctar das flores, – ao coletar o néctar as abelhas também fazem a polinização das flores, o que além de permitir a reprodução das plantas, também resulta na produção de frutos com melhor qualidade e maior número de sementes. Embora seja o principal ingrediente, o néctar das flores não é a única matéria prima do mel, uma vez que as abelhas coletam qualquer líquido açucarado que possa ser usado para produzir o alimento. Por isso é comum ver abelhas rondando restos de sucos ou refrigerantes.

Ao coletar o néctar, as abelhas fazem o processos de polinização da plantas.

Armazenando e produzindo o mel

As abelhas possuem em seu corpo um estômago para a sua alimentação e uma espécie de reservatório de mel, onde ela coleta o néctar que suga das flores para transportá-lo até a colmeia, ela pode carregar cerca de 70mg da substância açucarada. Quando acaba de fazer a coleta, a abelha então volta para a colmeia, e já durante o transporte o néctar começa a ser transformado em mel, isso acontece graças a enzimas que são produzidas por glândulas localizadas na boca dos pequenos insetos. Elas produzem as enzimas: invertase e glicose oxidase.

O mel é formado pela reação dessas substâncias com o néctar coletado das flores. A invertase converte a sacarose –  uma espécie de açúcar contido no néctar – em dois outros açúcares: glicose e frutose. A glicose oxidase, por sua vez, transforma uma pequena quantidade de glicose em ácido glicônico, que torna o mel ácido, protegendo-o de bactérias que o fariam fermentar. Agitando as asas para secar a água, presente em grande quantidade no néctar, as abelhas desidratam o mel, matando outros microorganismos.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

Chegando na colmeia 

Quando as operárias chegam à colmeia o néctar trazido na bolsa de mel é passado para abelhas mais jovens, que irão processar o néctar por cerca de meia hora. Durante esse processo, as enzimas irão quebrar os açúcares complexos do néctar e transforma-los em açúcares mais simples, de modo que fica mais digerível para as abelhas e menos susceptível a ser atacado por bactérias, enquanto é armazenado no interior da colmeia. As abelhas, em seguida, espalham o néctar ao longo dos favos de mel, onde a água evapora e a mistura vai aos poucos se transformando em uma calda grossa rica em carboidratos, açúcar, vitaminas e minerais: o próprio mel!

Por ser rico em açúcar, carboidratos, vitaminas e minerais, o mel é uma ótima fonte de energia.

LEIA TAMBÉM: 

Avatar
Publicado por

Faça um comentário

Notícia

Durante o desenvolvimento embrionário, os mamíferos (a maioria deles) crescem na cavidade do útero da mãe. Esse ambiente vai se dilatando e desenvolvendo ao...

Mundo Estranho

O jovem de 23 anos Eik Júnior Monzilar Parikokoriu precisou percorrer nove quilômetros com a ave presa à garganta até chegar num pronto-socorro.

Saúde & Bem-Estar

Os exercícios de alta intensidade de intervalos (HIIT) se tornaram populares nos últimos anos por uma série de razões. Eles não exigem tanto tempo...

Espaço

Planeta Nove? Plutão deixou de ser planeta? Descubra agora quantos e quais são planetas do Sistema Solar.