Connect with us

Hi, what are you looking for?

História & Humanidade

Cidade de 9.000 anos descoberta próxima à Jerusalém, Israel

A antiga cidade é a maior organização populacional neolítica já encontrada em Israel.

Imagem: Israel Antiquities Authority.

Uma pequena cidade de aproximadamente 9.000 anos foi descoberta em Israel – próxima à cidade histórica de Jerusalém – antes de ser destruída por uma rodovia recém-construída, e agora está recebendo escavações exaustivas.

O povo que ali viveu, outrora, era muito sofisticado. Além de ter domesticado cabras, de acordo com os esqueletos de animais encontrados, eles também eram agricultores. Lentilhas, grã-de-bico e feijão estavam entre suas plantações, como evidenciado em instalações de armazenamento que eles haviam construído.

“Com base nos dados que temos e na fauna, temos uma noção muito boa de que as pessoas no local eram agricultores e especialistas no que faziam”, disse Vardi, arqueólogo e diretor de escavação no local.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

As escavações desse assentamento rapidamente se tornaram a maior escavação de um sítio neolítico no país.

Imagem: Israel Antiquities Authority

Apesar da cidade ser do período Neolítico, havia níveis de sofisticamentos nas construções.: salas espaçosas, instalações públicas e lugares feitos exclusivamente para rituais, assim como edifícios como pisos revestidos com gesso.

A equipe também descobriu enterros humanos por baixo e ao redor das casas, assim como bens próprios enterrados com os indivíduos, itens que às vezes viam de fora da regiam, como obsidianas da Anatólia, da Turquia moderna, e conchas do Mar Mediterrâneo e do Mar Vermelho, mostrando que visitavam e negociavam com regiões vizinhas, localizadas anteriormente na Turquia, na Jordânia e nas áreas ao redor do Mar Vermelho.

No local, também foram encontrados milhares de pontas de flechas que eram utilizadas para a caça, machados para o corte de árvores e lâminas para uso da vida diária.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

O site também tem milhares de pontas de flechas de pedra para a caça, machados para derrubar árvores, e lâminas de foice e facas, bem como figuras cujos estilos datam do Neolítico.

A datação por radiocarbono das sementes encontradas no local indica que as pessoas viveram lá entre 9.000 e 8.800 anos atrás.

“Esta é a primeira vez que um assentamento em grande escala do período neolítico – 9.000 anos atrás – [foi] descoberto em Israel”, disseram os arqueólogos em um comunicado.

Publicidade. A leitura continua abaixo.

“Pelo menos 2 a 3 mil habitantes viviam aqui – uma ordem de grandeza que se assemelha a uma cidade atual.”

FONTE / LiveScience

Publicidade. A leitura continua abaixo.
Redação
Publicado por

A SoCientífica, abreviação para Sociedade Científica, nasceu em agosto de 2014 da vontade de decifrar as novidades no mundo científico e transmiti-las para uma sociedade que depende da ciência e tecnologia mas que sabe muito pouco sobre elas. Em um momento em que a desconfiança está se sobressaindo e novas ondas negacionistas de evidências surgem, a SoCientífica está empenhada em ajudar a trazer iluminação para a sociedade novamente.

Faça um comentário

Tecnologia

Cientistas estão trabalhando em um novo tipo de propulsão hipersônica que poderia permitir aviões voarem a mais de 20.000 km/h (Mach 17).

Plantas & Animais

Minúsculas criaturas, os rotíferos bdelóides, ficaram congelados no permafrost por 24.000 anos e foram recentemente trazidos de volta à vida, produzindo clones em um...

Notícia

Por muitos anos, a ecolocalização humana tem sido uma forma de percepção para pessoas que perderam a visão. Apesar disso, poucas pesquisas reforçavam essa...

Plantas & Animais

Raças menores de cães geralmente apresentam comportamentos mais instáveis. Pode haver, portanto, diversos motivos para cachorros pequenos serem ferozes.